17 Agosto 2022, 05:25

Polícia Marítima apreende 13 quilos de haxixe na ilha da Culatra, em Faro

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



A Polícia Marítima apreendeu 13 embalagens de haxixe na ilha da Culatra, em Faro, escondidos no interior de um bidão que se encontrava junto à margem da Ria Formosa, adiantou esta força policial em comunicado.

Segundo a nota, o Comando local da Polícia Marítima de Olhão apreendeu na manhã de hoje “13 embalagens de estupefacientes, num total de cerca de 13 quilos [quilogramas] de haxixe”, na ilha da Culatra, em Faro.

O alerta foi dado por um popular, no sábado, cerca das 20:00, mas as buscas realizadas ainda nesse dia não permitiram localizar “qualquer material suspeito”.

“Durante a manhã de hoje, foram novamente efetuadas buscas no local, tendo os elementos da Polícia Marítima detetado um bidão com 13 embalagens de estupefacientes no seu interior, cada uma com cerca de um quilo de haxixe. Foram apreendidos cerca de 13 quilos de haxixe que serão entregues à Polícia Judiciária”, refere a Polícia Marítima no comunicado, que acrescenta que a Unidade Central de Investigação Criminal da Polícia Marítima foi também informada.

Sem comentários

deixar um comentário