19 Outubro 2021, 18:49

Portugal coloca 4.000 ME em emissão sindicada a 10 anos

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 07 abr 2021 (Lusa) – Portugal colocou hoje 4.000 milhões de euros numa emissão sindicada a 10 anos, segundo a agência de informação financeira Bloomberg.


Segundo os cálculos de uma fonte do Banco Carregosa, a emissão foi colocada a uma taxa de juro final de 0,2998%, já que “o cupão foi estabelecido na taxa ‘mid swap’ do euro a 10 anos, que está nos 0,0166%, adicionada de um ‘spread’ de 28 pontos base”.


A Bloomberg refere que a procura excedeu 30.000 milhões de euros.


Para o diretor de Investimentos do Banco Carregosa, Filipe Silva, “Portugal veio hoje ao mercado, com uma emissão sindicada a 10 anos e estabeleceu um novo ‘benchmark’ (referencial) para a dívida nacional” e “a procura foi bastante forte, tendo superado 32.500 milhões de euros, para uma emissão de 4.000 milhões de euros”.


“Nas últimas semanas temos assistido a uma subida nas taxas da dívida soberana europeia, subida que também se fez sentir na curva portuguesa, no entanto, há um ano numa emissão idêntica, Portugal emitiu com um cupão de 0,475%”, afirmou ainda o responsável do Banco Carregosa.


Filipe Silva considerou que “a subida nas taxas, bem como a reversão dos mínimos, que já tinham sido atingidos, acabam por refletir expectativas de uma melhoria na economia e possivelmente taxas de inflação mais elevadas”, acrescentando que “apesar de tudo, é expectável que se venha a assistir a um controlo das taxas de juro, por parte dos bancos centrais”.


Depois de terem aberto hoje a subir para 0,219%, os juros da dívida portuguesa a 10 anos estavam cerca das 12:50 em Lisboa a avançar para 0,224%.




MC // JNM


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário