08 Outubro 2022, 09:51

Portugal conhece adversários no ‘play-off’ europeu do Mundial feminino

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



A seleção portuguesa de futebol feminino conhece hoje os adversários no ‘play-off’ europeu de apuramento para o Mundial de 2023, sendo que na primeira ronda pode defrontar Áustria, Bélgica, Escócia, País de Gales e Bósnia-Herzegovina.

O próximo oponente da formação das ‘quinas’, na corrida à prova marcada para a Austrália e a Nova Zelândia (20 de julho a 20 de agosto), será conhecido num sorteio, sem condicionantes, marcado para a sede da UEFA, em Nyon, pelas 13:30 locais (12:30 em Lisboa).

Portugal ficará a saber qual o adversário na primeira ronda, em 06 de outubro, e também qual a seleção que poderá defrontar na segunda, no dia 11, caso se qualifique, numa lista que inclui também Suíça, Islândia e República da Irlanda, que entram diretamente nesta fase. Também é sorteado o local do jogo.

A seleção de Francisco Neto qualificou-se para o ‘play-off’ ao ser segunda classificada do Grupo H, com 22 pontos, contra 27 da Alemanha, que se qualificou para a fase final.

Nas contas dos segundos colocados (resultados com primeiro, terceiro, quarto e quinto), Portugal — descontando os dois resultados com a Bulgária (sexta colocada) – totalizou 16 pontos, com 18-9 em golos, e foi apenas o sétimo melhor, sendo que só os três primeiros passavam diretamente à segunda eliminatória.

Dos três vencedores da segunda ronda, os dois melhores — soma dos pontos na fase de grupos (com primeiro, terceiro, quarto e quinto) e na segunda ronda — seguem para a fase final e o terceiro para um ‘play-off’ Intercontinental.

Neste ‘play-off’, que decorrerá na Nova Zelândia (17 a 23 de fevereiro de 2023) e selará as últimas três vagas, já estão China Taipé, Tailândia, Camarões, Senegal, Papua Nova Guiné, Haiti, Panamá, Chile e Paraguai, faltando a representante da UEFA.

Para a fase final, estão definidas 27 das 32 seleções, sendo nove representes da Europa, nomeadamente Suécia, Espanha, Inglaterra, Dinamarca, Noruega, Alemanha, França, Países Baixos e Itália.

As outras formações já qualificadas são as anfitriãs Austrália e Nova Zelândia, mais China, Japão, Filipinas, Coreia do Sul e Vietname (Ásia), Marrocos, Nigéria, África do Sul e Zâmbia (África), Canadá, Costa Rica, Jamaica e Estados Unidos (CONCACAF) e Argentina, Brasil e Colômbia (América do Sul).

Sem comentários

deixar um comentário