07 Outubro 2022, 06:35

Presidenciais: Coimbra testa os mais de 700 membros das mesas de voto

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Coimbra, 21 jan 2021 (Lusa) — Os mais de 700 cidadãos que vão estar no domingo nas mesas de voto para as eleições presidenciais no concelho de Coimbra vão fazer testes para detetar covid-19, disse hoje o presidente da Câmara, Manuel Machado.


Para além dos cerca de 725 “membros das mesas de voto que se encontram nomeados”, a iniciativa também abrangerá “os membros das Juntas de Freguesias e equipas municipais de apoio destacados para acompanhar o ato eleitoral” no concelho de Coimbra, adiantou à agência Lusa Manuel Machado, referindo que, no total, estão mobilizadas cerca de mil pessoas.


“A operação, que visa reforçar a segurança do ato eleitoral” previsto para o dia 24 [domingo], abrangerá todas as pessoas envolvidas no processo, mas desde que estas queiram ser testadas, afirmou o presidente da Câmara de Coimbra, sublinhando que a testagem “não é obrigatória”, depende da vontade de cada um dos cidadãos mobilizados no município para estas eleições.


“Pretende-se ajudar a vencer o medo” do contágio pelo vírus SARS-CoV-2 (que provoca a doença covid-19) e a “criar a confiança” dos cidadãos eleitores, para que participem nas eleições — e “é muito importante” que o façam — salientou Manuel Machado, defendendo que “a pandemia não pode confinar a democracia”.


Este rastreio covid-19, que “está a ser preparado em coordenação com as Juntas de Freguesias” do concelho, é promovido pelo município em “ativa cooperação e estreita articulação” com a Cruz Vermelha Portuguesa, cujas equipas de testagem já estão constituídas, destacou o presidente da Câmara de Coimbra, que também é presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP).


Os testes realizados pela Cruz Vermelha Portuguesa, no âmbito desta operação, além de “voluntários”, serão gratuitos, indicou Manuel Machado, realçando a “disponibilidade e cooperação” daquela organização humanitária.


Os testes serão realizados “durante a manhã de sábado, 23 de janeiro”, no Pavilhão Municipal Mário Mexia, na cidade de Coimbra.


A estas eleições presidenciais, que se realizam em plena pandemia de covid-19 em Portugal, concorrem sete candidatos: Marisa Matias (apoiada pelo Bloco de Esquerda), Marcelo Rebelo de Sousa (PSD e CDS/PP) Tiago Mayan Gonçalves (Iniciativa Liberal), André Ventura (Chega), o ex-militante do PS Vitorino Silva, mais conhecido por Tino de Rans e presidente do RIR – Reagir, Incluir, Reciclar, João Ferreira (PCP e PEV) e a militante do PS Ana Gomes (PAN e Livre).



JEF // SSS


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário