10 Setembro 2022, 19:55

Presidente de Cabo Verde destaca CPLP como “uma comunidade dos povos”

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 28 jul 2022 (Lusa) — O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, saudou hoje na visita que fez à sede da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) os fundadores da organização e definiu a organização “uma comunidade de povos”.


“Quero expressar o contentamento da República de Cabo Verde pelos ganhos que temos conseguido. Esta organização é relativamente jovem mas já conseguiu fazer um bom percurso. Um caminho de muitos quilómetros começa por um primeiro passo e nós já demos muitos passos significativos nesta caminhada de muitos quilómetros e, recentemente com a aprovação do acordo de mobilidade no espaço da CPLP, demos mais um passo no sentido da transformação da CPLP numa comunidade de povos”, salientou.


Esse acordo, destacou, “é muito importante para a consolidação da nossa comunidade e para o enriquecimento do nosso caminho futuro”.


“É claro que agora temos de trabalhar, cada um dos nossos países, fazer o nosso trabalho de casa para que possamos avançar cada vez mais. Uma comunidade só será pujante, cada vez com mais possibilidades, com mais oportunidades, se conseguir uma efetiva circulação de pessoas”, frisou.


José Maria Neves, que hoje iniciou a sua primeira visita de Estado a Portugal, na qualidade de Presidente da República cabo-verdiana, reiterou que “são as pessoas que constroem as instituições e são as pessoas que conseguem trazer o futuro que nós sonhamos para os nossos países”.


Trata-se, vincou, de “construir um futuro muito melhor e de mais prosperidade, de mais modernidade, com mais oportunidades para todos os membros da CPLP”.


O Presidente cabo-verdiano saudou ainda a presidência da CPLP, atualmente a cabo de Angola, de que destacou uma “agenda muito rica de desenvolvimento do pilar económico”.


“Essa cooperação economico-empresarial é extremamente importante. A possibilidade de congregarmos esforços para realização de investimentos e para a consolidação desse pilar importante da CPLP”, disse.


José Maria Neves relevou igualmente a crescente importância da língua portuguesa, enaltecendo o contributo dos Estados-membros da organização para a sua proleção e deu como exemplo a recente eleição do seu homólogo da Guiné-Bissau, Umaru Sissoco Embaló, para a presidência rotativa da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), que considerou ser “um elemento extremamente importante porque vai irradiar ainda mais a presença da língua portuguesa nessas diferentes instituições”.


“A participação de cada um dos nossos países nas diferentes organizações regionais — com as nossas independências, o português passa a ser língua da União Africana -, é cada vez mais língua da CPLP e então esse pilar também se está a consolidar, a consolidar-se e afirmar-se a nível internacional. E queremos todos fazer um esforço”, enalteceu.


“Temos um grande futuro à nossa frente. O futuro depende de nós e do nosso trabalho”, concluiu.


Neste primeiro dia da visita de Estado a Portugal, José Maria Neves já esteve reunido com o seu homólogo português, Marcelo Rebelo de Sousa, com o presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, e recebeu na Câmara Municipal de Lisboa as ‘Chaves da Cidade’.


Na sexta-feira, juntamente com Marcelo Rebelo de Sousa, o Presidente de Cabo Verde participará no “Diálogo entre Presidentes”, no âmbito da edição de 2022 do Fórum EurAfrica, um diálogo global promovido anualmente pelo Conselho da Diáspora Portuguesa para estreitar os laços entre a Europa e a África.



EL // JH


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário