26 Janeiro 2022, 21:19

Presidente do Leça radiante por defrontar Sporting na Taça de Portugal

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

O presidente do Leça mostrou-se hoje “extremamente satisfeito” por receber o Sporting nos quartos de final da Taça de Portugal de futebol, depois de já ter afastado os também primodivisionários Arouca e Gil Vicente.

“É óbvio que o meu gosto seria o FC Porto, mas receber novamente o Sporting em Leça da Palmeira vai provocar em nós um enorme prazer. Vamos fazer o melhor possível para que o futebol e a nossa equipa fiquem dignificados. Quando subimos ao campo, é para ganhar. Veremos o resultado”, expressou à agência Lusa o presidente leceiro, António Pinho.

O campeão nacional Sporting vai visitar o Leça, único representante do Campeonato de Portugal (quarto escalão nacional), em jogo a realizar de 11 a 13 de janeiro de 2022, em Leça da Palmeira, onde já se cruzaram quatro vezes na prova ‘rainha’, sempre com triunfos dos ‘leões’, segundos mais titulados, com os mesmos 17 cetros do FC Porto.

“Também cairia bem [um jogo fora de casa]. Se fosse em Alvalade, teria outra dimensão. Não diria que o estádio estivesse cheio, mas muito mais composto. Economicamente, seria melhor para o Leça. Sei que é a dividir por três partes, mas, com certeza, o Sporting nos poderia ajudar nesse sentido, sendo nós um clube de um escalão inferior e com as dificuldades financeiras que todos têm. Contaria com o apoio do Sporting”, apelou.

António Pinho está convencido de que a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) unirá esforços para ajustar a iluminação e aperfeiçoar o relvado do recinto leceiro, tal como sucedeu em 2019/20, quando, em outubro de 2019, ajudou a reunir todas as condições para receber o Sporting de Braga (1-3) naquela freguesia do concelho de Matosinhos.

“A casa estava muito composta frente ao Paredes e foi um jogo à semana. Agora, vai galvanizar muito mais as gentes de Leça, os adeptos do futebol, que irão ver este jogo com muito agrado, e os fãs do Sporting, pois temos cá um núcleo forte de sportinguistas. Mesmo sendo à semana, estou convencidíssimo de que teremos casa cheia”, afiançou.

O Leça já igualou a melhor prestação de sempre na Taça de Portugal, ao deixar pelo caminho Lusitânia de Lourosa (1-0), da Liga 3, Sporting de Pombal (4-0), dos escalões distritais, Arouca (2-1 no desempate por penáltis, após 1-1 no prolongamento) e Gil Vicente (1-0), ambos da I Liga, e o Paredes, do Campeonato de Portugal (6-5, após 1-1).

Líder da Série C do quarto escalão, com os mesmos 25 pontos do Salgueiros, é o único clube não profissional presente nos ‘quartos’ da prova ‘rainha’, fase que já não jogava desde 1994/95, quando, então na II Liga, foi goleado na receção ao FC Porto (0-4).

O conjunto treinado por Luís Pinto fez ainda regressar um emblema do quarto nível aos oito finalistas da Taça de Portugal pela primeira vez desde 1999/2000, edição em que o Dragões Sandinenses, então na III Divisão, apenas perdeu no estádio do Sporting (0-3).

“Através do trabalho dos jogadores e do treinador, o Leça acabou por provocar este jogo. O fundamental é que possa ir o mais longe possível. Para a história dos jogadores será importante, pois é um enorme prazer defrontar uma equipa como o Sporting. Vai haver valor acrescentado para o palmarés destes atletas e do Leça”, terminou António Pinho.

O sorteio, realizado à porta fechada, na Cidade do Futebol, em Oeiras, determinou ainda que o vencedor deste jogo vai defrontar FC Porto ou Vizela nas meias-finais, estando a primeira mão aprazada de 01 a 03 março de 2022 e a segunda entre 19 e 21 de abril.

Sem comentários

deixar um comentário