25 Setembro 2022, 04:41

Presidente são-tomense inicia hoje em Portugal a sua primeira visita de Estado

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 05 abr 2022 (Lusa) — O Presidente da República de São Tomé e Príncipe, Carlos Vila Nova, inicia hoje uma visita oficial a Portugal, a primeira ao estrangeiro enquanto chefe de Estado, procurando melhorar a cooperação bilateral.


O programa da visita, que se realiza a convite do Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, inclui um encontro com o seu homólogo, no Palácio de Belém, com o primeiro-ministro, António Costa, e uma deslocação à Assembleia da República.


A visita oficial começa hoje com uma cerimónia de boas-vindas a Carlos Vila Nova na Praça do Império, com honras militares, seguindo-se uma cerimónia de deposição de uma coroa de flores, pelo Presidente são-tomense, no túmulo de Luís Vaz de Camões.


Ao final do dia, Marcelo Rebelo de Sousa oferece um jantar oficial em honra do Presidente da República Democrática de São Tomé e Príncipe, no Palácio Nacional da Ajuda.


Na quarta-feira, Carlos Vila Nova deverá deslocar-se à Câmara Municipal de Lisboa, sendo recebido pelo presidente, Carlos Moedas, de quem receberá as chaves da cidade. No mesmo dia, tem previsto um almoço com a administração da EuroAtlantic Airways, que opera os voos da companhia aérea são-tomense, STP Airways.


No dia seguinte, o Presidente são-tomense tem ainda previstos encontros com o presidente da Câmara de Oeiras, Isaltino Morais, e com o provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Edmundo Martinho.


Carlos Vila Nova regressa ao seu país na sexta-feira, ao final do dia, chegando a São Tomé na madrugada de sábado.


O Presidente são-tomense foi eleito em setembro do ano passado e tomou posse em 02 de outubro, sendo esta a sua primeira visita de Estado ao estrangeiro.


Em declarações à imprensa, antes da partida para Lisboa, o Presidente de São Tomé e Príncipe destacou que as relações com Portugal “são históricas e de amizade” e afirmou que o objetivo da sua visita é aprofundar a cooperação bilateral.


São Tomé e Príncipe e Portugal assinaram em dezembro do ano passado o novo Programa Estratégico de Cooperação (PEC) com um valor estimado em 60 milhões de euros para cinco anos, priorizando as áreas da saúde, educação e cultura, proteção social, trabalho e formação profissional, justiça, segurança e defesa, agricultura, pescas, energia e ambiente, finanças públicas, economia e infraestruturas.


Durante a sua visita oficial a São Tomé e Príncipe, em dezembro, o primeiro-ministro de Portugal, António Costa, elogiou os resultados da cooperação bilateral com o arquipélago, destacando as áreas da saúde e da defesa.


“Quero reafirmar ao senhor primeiro-ministro de São Tomé e Príncipe todo o nosso empenho em prosseguir estes níveis de cooperação e, se possível, desenvolvê-los”, afirmou António Costa.



JH (JYAF) // LFS


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário