20 Outubro 2021, 08:12

Projeto inovador em Évora tem GNR como “elo de ligação” entre turistas e património

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Évora, 24 ago 2021 (Lusa) — Os militares da GNR vão ser um “elo de ligação” entre os turistas, a segurança e a valorização do património nos 14 concelhos do distrito de Évora, graças a um projeto inovador em Portugal lançado hoje.


A iniciativa denomina-se Guard & Guide e é promovida pelo Comando Territorial de Évora da GNR, em parceria com a Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC), assim como pelos 14 municípios que a integram.


Neste âmbito, o projeto englobou a formação de militares da Guarda nas áreas de História, Património, Arqueologia e Ambiente, pela Universidade de Évora, e a criação de mapas/roteiros para cada um dos concelhos do distrito, com os destaques a nível patrimonial, cultural e dos recursos endógenos.


“Este é um projeto inovador no sentido em que nos estamos a assumir como ‘elo de ligação’ entre o turista, a segurança e o património”, destacou hoje o comandante do Comando Territorial de Évora da GNR, coronel Joaquim Vivas.


Na cerimónia de apresentação pública do Guard & Guide, realizada esta tarde nas instalações da CIMAC, o mesmo responsável da GNR explicou que o projeto “dá corpo ao que a Guarda sempre fez”, que é “a divulgação dos conhecimentos que tem” do território “perante o turista”.


“Este projeto é a materialização de uma coisa que a Guarda já faz” e de um programa nacional da força de segurança implementado “há uns anos”, o Tourist Support Patrol, que “tem mais visibilidade no litoral”, em especial “na região algarvia”, sublinhou.


Agora, esta interligação entre a GNR e os turistas é formalizada no distrito de Évora “com outros meios”, nomeadamente “com um roteiro muito bem feito, que nos ajuda a transmitir mais essa sensação” de segurança, frisou.


E, através da “formação específica”, os guardas no terreno têm agora “competências novas” e “podem ajudar, quer o turista, quer a valorizar o que de melhor” existe “em termos de património edificado”, disse.


Para o presidente da CIMAC, Carlos Pinto de Sá, trata-se de uma iniciativa “muito interessante, sobretudo para dar a conhecer o património no Alentejo Central, não apenas aos elementos da GNR que acompanham os turistas, mas também para valorizar esse património”.


Pinto de Sá, que é também o presidente da Câmara de Évora, lembrou ainda que, na base da decisão de um turista visitar Portugal está a segurança do país, pelo que “o papel da GNR a este nível é absolutamente essencial”.


“Se as pessoas se sentem seguras connosco, pois, nós queremos potenciar ainda mais essa questão” e, ao mesmo tempo, mostrar ao visitante “o que de melhor temos”, apontou também o coronel Joaquim Vivas.


Os roteiros do Guard & Guide, criados com a participação do Grupo de Évora dos Urban Sketchers Portugal, vão ser disponibilizados pelos militares da GNR no terreno, assim como nos postos territoriais da força de segurança e nos postos de turismo concelhios.




RRL // MCL


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário