08 Dezembro 2021, 16:24

Proteção Civil da Madeira emite recomendações para a região devido ao mau tempo

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Funchal, Madeira, 02 jan 2021 (Lusa) — O Serviço Regional de Proteção Civil da Madeira emitiu hoje um conjunto de recomendações face às previsões de mau tempo para o arquipélago, que vai estar sob aviso laranja na próxima segunda-feira.


O SRPC refere em comunicado que devido à “formação de um extenso vale depressionário orientado para sueste, prevê-se períodos de chuva ou aguaceiros, acompanhados de trovoada, ao nível de aviso laranja, durante o dia 04”, particularmente entre as 09:00 e as 15:00 horas.


Também menciona que o vento será “temporariamente forte de sul/sueste, com rajadas que poderão atingir os 90 quilómetros/hora”, existindo condições para que “o aviso amarelo do vento possa ser estendido à costa sul da Madeira”.


O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) anunciou hoje o agravamento do estado do tempo no arquipélago da Madeira, tendo colocado as ilhas da Madeira e Porto Santo sob aviso laranja na próxima segunda-feira.


Devido a estas condições meteorológicas adversas, a Proteção Civil da Madeira recomenda que a população adote uma “condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo em especial cuidado com a possível formação de lençóis de água”.


Também sugere que as pessoas desobstruam os sistemas de escoamento das águas pluviais, retirem inertes e demais objetos que constituam obstáculos ou possam ser arrastados pelas águas


Alerta igualmente para os riscos que representam os percursos auto e apeados, “sobretudo nas zonas montanhosas, vertentes expostas e zonas costeiras”, aconselhando a cuidados redobrados.


A SRPC salienta a importância de ter “especial cuidados na circulação e permanência junto de áreas arborizadas” devido ao perigo de queda de ramos, árvores ou outros detritos na faixa de rodagem.


Ainda deve ser dada a devida atenção a “danos em infraestruturas montadas e suspensas”, indica, concluindo que a população deve estar atenta às informações meteorológicas e às indicações emanadas pela Proteção Civil e as forças de segurança.



AMB // JPS


Lusa/fim

Sem comentários

deixar um comentário