22 Outubro 2021, 07:54

PS e PSD com consenso para fiscalização das “secretas”, informação criminal e Defesa

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 03 mar 2021 (Lusa) – PS e PSD entregaram hoje listas conjuntas para designação de membros para os conselhos de fiscalização do Sistema de Informações da República Portuguesa (SIRP), Sistema Integrado de Informação Criminal e Conselho Superior de Defesa Nacional.


A eleição destes três órgãos está marcada para o próximo dia 11, será feita por voto secreto dos deputados e exige uma maioria de dois terços, o que, tendo em conta o atual quadro parlamentar, requer necessariamente um acordo entre socialistas e sociais-democratas.


Para preencher os dois lugares em aberto no Conselho de Fiscalização do SIRP, o PS indiciou a ex-secretária de Estado Susana Amador, enquanto o PSD insistiu na candidatura do deputado Joaquim Ponte. Abílio Morgado, que preside ao Conselho de Fiscalização do SIRP e que foi indicado pelo PSD, termina mais tarde o seu atual mandato.


Já em relação ao Conselho Superior de Defesa Nacional, onde há um lugar a preencher, o PS indicou a vice-presidente da bancada socialista Lara Martinho.


Para as três vagas em aberto no Conselho de Fiscalização do Sistema Integrado de Informação Criminal, as direções das bancadas socialista e social-democrata indiciaram Isabel Oneto (PS), Luciano Gomes (PSD) e António Gameiro (PS).


Em 10 de julho passado, PS e PSD não conseguiram que os seus candidatos para os conselhos de fiscalização do SIRP, do Sistema Integrado de Informação Criminal e Conselho Superior de Defesa Nacional obtivessem os dois terços de votos necessários para serem eleitos.



PMF // JPS


Lusa/fim

Sem comentários

deixar um comentário