03 Dezembro 2021, 13:41

Queixas com entrega de refeições ao domicílio sobem quase 200%

mundoatual AdministratorKeymaster

Entre 1 de janeiro e 31 de dezembro de 2020, chegaram ao Portal da Queixa mais de 3300 reclamações dirigidas aos serviços de entrega de refeições ao domicílio, um aumento de 190%, comparativamente com o período homólogo, em que foram registadas 1144 queixas. A Uber Eats e a Glovo são as marcas mais visadas.

De acordo com o Portal da Queixa, atraso na entrega, pedido de reembolso e produtos em falta são os principais motivos de reclamação.

“A análise da equipa do Portal da Queixa permitiu evidenciar que, ao longo do ano passado, os meses com mais reclamações registadas foram: abril (392), novembro (393) e dezembro (488). Março, mês em que foi declarado o Estado de Emergência, foi onde se verificou a maior variação de crescimento face a 2019: 617%. Relativamente às marcas com o maior volume de reclamações, lideram a Uber Eats, com 77% do total de queixas e a Glovo com 21%”, é ainda revelado.

Enquanto vigorar o confinamento, o Portal da Queixa prevê que a insatisfação face aos serviços de entrega de refeições se agrave, não só, com base nos motivos relatados pelos consumidores ao longo de 2020, mas também, pela crescente diminuição da resposta e qualidade do serviço prestado.

O Portal da Queixa é visitado por mais de 2 milhões de consumidores mensais e recebe em média 15.000 reclamações por mês. Tem mais de 500.000 utilizadores registados e 8.200 marcas estão presentes na plataforma.

 

Sem comentários

deixar um comentário