10 Setembro 2022, 01:10

Rafael Reis inicia hoje defesa da amarela conquistada no prólogo da Volta a Portugal

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



O ciclista português Rafael Reis (Glassdrive-Q8-Anicolor) vai partir hoje para a primeira etapa em linha da 83.ª Volta a Portugal com a missão de defender a camisola amarela que conquistou no prólogo.

Um dia depois de Rafael Reis ter vestido a primeira amarela em Lisboa, os 124 ciclistas que compõem o pelotão desta edição têm pela frente 193,5 quilómetros maioritariamente planos entre Vila Franca de Xira e Elvas.

Pelo caminho, que vão começar a percorrer às 12:25 minutos, os corredores vão encontrar ao quilómetro 56,6 a primeira meta volante desta edição, situada em Vendas Novas.

Pouco mais à frente, mais concretamente ao quilómetro 79,7, em Montemor, o pelotão encontra uma contagem de montanha de quarta categoria, antes de rumar a nova meta volante, instalada em Arraiolos (102).

Depois de cruzarem a segunda contagem de montanha do dia, outra quarta categoria situada em Vila Boim (172,8), os ciclistas passam na meta volante de Elvas (182,6), antes de entrarem num circuito que contempla uma passagem pela meta, antes da chegada, prevista para as 17:45, na Avenida de Badajoz.

O português da Glassdrive-Q8-Anicolor tem nove segundos de vantagem sobre o seu companheiro uruguaio Mauricio Moreira e sobre o britânico Oliver Rees (Trinity Racing), respetivamente segundo e terceiro da geral.

Sem comentários

deixar um comentário