26 Janeiro 2022, 19:52

Rainha de Inglaterra encoraja celebrações de Natal apesar da pandemia e perda de familiares

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Londres, 25 dez 2021 (Lusa) — A rainha Isabel II, de Inglaterra, partilhou hoje, na sua mensagem de Natal, a dor que sentiu após a morte do seu marido e encorajou as pessoas em todos os lugares a celebrar com amigos e familiares, apesar da dor causada pela pandemia de covid-19.


Lembrando a “falta de riso familiar” nesta época natalícia, a monarca fez o seu discurso ao lado de uma fotografia emoldurada onde se vê ela de braços dados com o príncipe Filipe, que morreu em abril aos 99 anos.


“Embora seja um momento de grande felicidade e alegria para muitos, o Natal pode ser difícil para aqueles que perderam entes queridos”, disse a rainha na mensagem pré-gravada transmitida quando, muitas famílias britânicas, estavam no tradicional jantar de Natal.


“Este ano, especialmente, eu entendo o porquê”, acrescentou.


Apesar da sua perda, a rainha de Inglaterra disse que a sua família foi uma “fonte de grande felicidade”, observando ter dado as boas-vindas a quatro bisnetos este ano.


“Embora a covid-19 nos impeça, novamente, de comemorar exatamente como gostaríamos ainda podemos desfrutar das muitas tradições felizes, seja cantar canções de Natal – desde que a melodia seja bem conhecida – decorar a árvore, dar e receber presentes ou assistir ao nosso filme favorito do qual já sabemos o final”, afirmou.


Como a variante Ómicron do vírus SARS-CoV-2 é altamente transmissível e se está a espalhar rapidamente por todo o Reino Unido, a rainha de 95 anos decidiu não passar o Natal em Sandringham, a propriedade real no leste da Inglaterra onde tradicionalmente vive esta temporada festiva com a família.


A casa real anunciou, na segunda-feira, que a monarca passaria as férias no Castelo de Windsor, a oeste de Londres, onde permaneceu durante a maior parte da pandemia.


Nestas férias, a Rainha Isabel II está acompanhada por alguns membros da família, nomeadamente o príncipe Carlos e a sua mulher, a duquesa da Cornualha.



SVF // HB


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário