16 Agosto 2022, 18:07

Real Madrid muito superior a rival Atlético que jogou para não perder

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Madrid, 12 dez 2020 (Lusa) — O Real Madrid venceu hoje o Atlético de Madrid por 2-0, na 13.ª jornada da Liga espanhola de futebol, num jogo em que teve sempre o controlo e o domínio perante um rival que jogou para não perder.


A facilidade com que o Real Madrid se superiorizou ao Atlético foi surpreendente, tendo em conta a boa época dos ‘colchoneros’, refletida na liderança do campeonato, mas, hoje, os ‘merengues’ não deram a mínima chance ao seu rival neste dérbi da capital.


A equipa do Real Madrid assumiu o controlo do jogo e o Atlético foi uma equipa que ficou sempre à espera do que o seu opositor ia fazer, sem capacidade para estender o jogo até à área de Thibaut Courtois, postura que muito prejudicou a ação do internacional português João Félix, sempre distante da área e de Luís Suárez, a vir buscar jogo cá atrás frequentemente, para tabelar ou dar de primeira, sem qualquer proveito para a equipa.


Os golos que valeram a vitória ao Real Madrid aconteceram aos 15 minutos, com Casemiro, na sequência de um canto, a ganhar de cabeça a um molho de jogadores ‘colchoneros’, entre os quais João Félix, e aos 63, num autogolo de Jan Oblak, mas a equipa de Zidane esteve sempre confortável a gerir a vantagem e até teve oportunidades para sair com um resultado mais volumoso.


João Félix, como é habitual, foi substituído ao fim de uma hora de jogo para dar o lugar a Saul.


Noutro jogo da 13.ª jornada, o Valência, com o internacional Gonçalo Guedes no onze, empatou a dois golos com o Athletic Bilbau. Eteve na frente do marcador, permitiu a reviravolta, mas conseguiu minimizar os danos com um golo na fase final da partida.


O Valência abriu o marcador aos 26 minutos, pelo médio Carlos Soler na execução de um penálti, mas a equipa basca virou o resultado, com golos aos 55 e 79 minutos, por Asier Villalibre e pelo veterano Raul Garcia, também de penálti, embora essa vantagem não tenha durado mais do que quatro minutos, visto que Manu Vallejo restabeleceu o empate final, após assistência de Soler.


Pelo Valência aturam dois internacionais portugueses, Gonçalo Guedes que foi titular e acabou substituído aos 71 minutos pot Jason, e o lateral-direito Thierry Correia, que alinha pela seleção portuguesa de sub-21, e que foi lançado em campo aos 71 para o lugar do dinamarquês Daniel Wass.


Houve, ainda, mais dois jogos da I Liga espanhola, o Huesca-Alavés, que terminou com o triunfo da equipa da casa, graças a um golo do seu avançado Javier Ontiveros, aos 66 minutos, e o Getafe-Sevilha, com os andaluzes a levaram os três pontos.


O Sevilha conseguiu arrancar um triunfo precioso no difícil campo do Getafe, com o único golo da partida a resultar de um lance infeliz, aos 81 minutos, do central da equipa da casa, Xabier Exteita, que fez um autogolo que valeu três pontos aos andaluzes.



JEC // VR


Lusa/fim

Sem comentários

deixar um comentário