07 Setembro 2022, 13:20

Receitas do jogo em Macau sobem 43,7% em 2021

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Macau, China, 01 jan 2022 (Lusa) — Os casinos de Macau terminaram 2021 com receitas de 86,8 mil milhões de patacas (9,5 mil milhões de euros), um aumento de 43,7% em relação ao ano anterior, foi hoje anunciado.


Em 2020, sob o impacto da pandemia da covid-19 e fortes restrições nas fronteiras para evitar a propagação da doença, o que levou a uma quebra acentuada na entrada de visitantes, a receita bruta acumulada do jogo tinha sido de 60,4 mil milhões de patacas (7,2 mil milhões de euros), indicou a Direção de Inspeção e Coordenação de Jogos (DICJ).


No mês dezembro de 2021, as operadoras do jogo viram as receitas subir 1,8%, ao arrecadarem 7,9 mil milhões de patacas (871 milhões de euros), quando em igual período do ano passado ganharam 7,8 mil milhões de patacas (856 milhões de euros), de acordo com os dados da DICJ.


Nos 11 primeiros meses deste ano entraram em Macau 6.885.073 visitantes, mais 31,5% relativamente ao período homólogo do ano passado.


Em 2019 o território recebeu quase 40 milhões de visitantes, ano em que as receitas dos casinos de Macau foram de 292,4 mil milhões de patacas (cerca de 30 mil milhões de euros).


Capital mundial do jogo, Macau é o único local na China onde o jogo em casino é legal. Operam no território três concessionárias, Sociedade de Jogos de Macau, fundada pelo magnata Stanley Ho, Galaxy, Wynn, e três subconcessionárias, MGM, Venetian e Melco.


Macau foi dos primeiros territórios a ser atingido pela pandemia, fechou a fronteira a estrangeiros e impôs quarentenas obrigatórias à entrada, tendo registado, até agora, um total de 79 casos.



EJ // EJ


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário