23 Maio 2022, 00:35

Registadas aquisições de imóveis de 197,1ME na baixa e centro histórico do Porto em 2021

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Porto, 06 mai 2022 (Lusa) – Nas Áreas de Reabilitação Urbana do centro histórico e baixa do Porto foram registadas 583 aquisições de imóveis em 2021, o equivalente a 197,1 milhões de euros que representa uma recuperação de 30% face a 2020, foi hoje anunciado.


Em comunicado, a Confidencial Imobiliário, empresa de dados estatísticos sobre preços de transação no mercado imobiliário, revela que as Áreas de Reabilitação Urbana (ARU) da baixa e centro histórico representam 48% do investimento imobiliário realizado nas nove ARU da cidade do Porto em 2021.


De acordo com dados do SIR – Reabilitação Urbana (ferramenta estatística), no ano passado foram realizadas 583 operações de aquisição de imóveis, o equivalente a 197,1 milhões de euros transacionados.


O montante investido em 2021 representa uma “recuperação de 30%” face a 2020, ano em que a aquisição de imóveis totalizou 147 milhões de euros.


O estudo da Confidencial Imobiliário salienta ainda que nas nove ARU da cidade foram transacionados 408,9 milhões de euros em 2021, valor que “supera em 12%” os 366,7 milhões de euros transacionados em 2020.


“Esta evolução positiva é reflexo sobretudo da retoma verificada na Baixa e Centro Histórico, já que nas sete restantes ARU da cidade do Porto a nota dominante foi de estabilização do investimento imobiliário”, observa a empresa.


Nas restantes sete ARU da cidade, contabilizaram-se 211,8 milhões de euros investidos, valor ligeiramente inferior a 2020, ano em que esse território tinha registado 219,7 milhões de euros na aquisição de imóveis.


A empresa salienta ainda que a retoma do investimento na baixa e no centro histórico se fez acompanhar de uma “forte recuperação dos preços”.


Em 2021, os preços relacionados com a venda da habitação nesta zona da cidade aumentaram 13,7%, alterando a tendência decrescente verificada nos últimos dois anos, segundo o Índice de Preços de Baixa e Centro Histórico do Porto.


“No final de 2020, os preços apresentavam um decréscimo de 4,8%”, destaca.


O estudo nota ainda, com base nos dados do SIR-Reabilitação Urbana, no ano passado o preço médio de venda da habitação na ARU do centro histórico fixou-se nos 4.558 euros por metro quadrado, “liderando em relação a todas as outras ARUS”.


Já na ARU da baixa, o preço médio de venda situou-se nos 3.763 euros por metro quadrado em 2021


 


SPYC//LIL


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário