04 Julho 2022, 22:55

Resgate de criança que caiu num poço em Marrocos atrasado por causa de uma rocha

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Bab Berred, Marrocos, 05 fev 2022 (Lusa) – O resgate do menino que caiu num poço em Marrocos, na terça-feira, teve um atraso de cerca de três horas devido a uma rocha que dificultou a perfuração do túnel com se espera salvar Rayan, adiantou hoje a Efe.


Segundo a agência de notícias espanhola, que cita o chefe da equipa de monitorização e vigilância do resgate, Abdelhadi Tamrani, no início desta manhã ainda faltavam cerca de três metros para chegar à cavidade onde Rayan se encontra.


O rapaz caiu acidentalmente num poço seco, de 32 metros de profundidade e estreito, de difícil acesso, cavado perto da residência da família na vila de Ighrane, perto da localidade de Bab Berred, na província de Chefchaouen, sendo o seu estado de saúde desconhecido.


Para salvar Rayan, uma equipa multidisciplinar cavou primeiro verticalmente junto ao poço um buraco até cerca de 32 metros de profundidade e está agora a cavar horizontalmente até ao local onde o menino se encontra.


Entretanto, um helicóptero da Royal Gendarmerie foi enviado para o local para transportar a criança depois de a retirarem do poço, se necessário, bem como uma ambulância equipada com equipamento de reanimação.


“Preparámos uma ambulância bem equipada com pessoal médico incluindo um ressuscitador e há também um helicóptero da guarda real no local para resgatar o pequeno Rayan”, cita a Efe Abdelhadi Tamrani.



JCR // EA


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário