26 Janeiro 2022, 08:26

Retomadas operações de busca por desaparecidos em lago de Minas Gerais, Brasil

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

São Paulo, 09 jan 2022 (Lusa) – As operações de buscas pelas três pessoas desaparecidas após a queda de uma parede rochosa de um desfiladeiro num lago em Minas Gerais, Brasil, e que atingiu vários barcos de recreio, foram hoje retomadas, adianta a agência EFE.


O acidente ocorreu cerca das 11:00 locais (14:00 em Portugal continental) no Lago Furnas, um ponto turístico no município de Capitólio, quando um grande bloco de pedra caiu de uma altura de cinco metros sobre três embarcações, havendo sete mortos confirmados e 30 feridos.


Nas operações de buscas, refere a EFE, participam membros dos bombeiros, da marinha e da polícia.


Um vídeo que circula nas redes sociais, cuja autenticidade foi confirmada à EFE pelos bombeiros, mostra o momento em que a enorme rocha se separa da parede do desfiladeiro e atinge quatro barcos que estavam no Lago Furnas.


O número de pessoas desaparecidas foi inicialmente estimado com base em testemunhos, agências turísticas e familiares, disse o corpo de bombeiros.


As autoridades acreditam que a chuva intensa que caiu nos últimos dias no sudeste do Brasil contribuiu para o acidente.


A localidade de Capitólio, a cerca de 280 quilómetros de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais (sudeste), é um destino turístico durante todo o ano pelos seus impressionantes desfiladeiros, que podem ser visitados em passeios de barco.



JCR // EA


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário