07 Dezembro 2021, 00:07

Ricardo Soares promete Gil Vicente a lutar pela vitória em Tondela

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Barcelos, Braga, 26 fev 2021 (Lusa) – O treinador do Gil Vicente, Ricardo Soares, afirmou hoje que os minhotos querem vencer o Tondela, um adversário “muito forte” na sua casa, em jogo da 21.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, no domingo.


Depois de um triunfo “difícil” sobre o Santa Clara (1-0), numa partida que exigiu “grande intensidade e concentração”, o técnico gilista quer manter-se na senda dos pontos na visita a Tondela, para defrontar um adversário que também luta pela manutenção e que faz do Estádio João Cardoso o seu “grande trunfo” – somou 20 dos 21 pontos no campeonato como anfitrião.


“Contamos fazer um bom jogo em Tondela, contra uma equipa com os mesmos objetivos que nós, que é organizada e forte. (…) Vamos a Tondela com o objetivo de vencer. Vamos jogar o jogo pelo jogo e tentar conquistar pontos, sabendo que uma vitória é extremamente importante para nós”, disse, na antevisão ao confronto, agendado para as 17:30.


O treinador realçou que o conjunto beirão, 12.º classificado, tem jogadores velozes na frente, como Salvador Agra e Jhon Murillo, e um meio-campo “trabalhador”, com “capacidade para construir e tomar boas decisões”, mas disse confiar na formação barcelense, 14.ª da tabela, com 19 pontos, para contrariar esses atributos, até pela recente evolução do plantel nos treinos.


“Quando ganhamos, a equipa ganha confiança e motivação. Logo, o treino ganha intensidade e qualidade. Tivemos uma semana de treinos boa. É extremamente importante os jogadores assimilarem as nossas ideias, para que possamos ter uma consistência de resultados que nos transporte para uma classificação de acordo com a que pretendemos”, disse.


O Gil Vicente, acrescentou Ricardo Soares, só pode somar “pontos semana a semana” caso demonstre “foco, ambição e espírito de grupo” e ganhe equilíbrio, quer a nível posicional e estratégico, quer a nível mental.


Na jornada anterior, os ‘galos’ asseguraram a vitória aos 90+3 minutos, com uma grande penalidade convertida por Pedrinho, um dos reforços do ‘mercado de inverno’, e o treinador reconheceu que o “acréscimo de competitividade interna” garantido pelas ‘caras novas’ é “importante” para a melhoria dos restantes jogadores e do próprio clube.


O ‘timoneiro’ gilista adiantou, porém, que contratações de janeiro como Pedrinho, médio que estava a fazer a pré-época no Riga FC, da Letónia, e Paulinho, lateral direito oriundo dos gregos do AEK de Atenas, ainda precisam de “atingir os parâmetros físicos ideais” após virem de “paragens”.


Questionado ainda sobre as declarações do médio do Sporting de Braga André Horta, a apontar que o futebol português é muito parado e incapaz de competir ao mais alto nível internacional, após o desaire ‘arsenalista’ com a Roma, para a Liga Europa (3-1), o técnico considerou essa observação “pertinente”, tendo admitido que os treinadores podem, às vezes, contribuir para isso, fruto da “pressão dos pontos” e dos “objetivos que têm de ser conquistados”.


O Gil Vicente, 14.º classificado da I Liga, com 19 pontos, defronta o Tondela, 12.º, com 21, em jogo da 21.ª jornada, agendado para as 17:30 de domingo, no Estádio João Cardoso, em Tondela.



TYME // RPC


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário