15 Maio 2022, 03:45

Rio de Janeiro regista no 1.º trimestre a mais baixa taxa de homicídios em 30 anos

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Rio de Janeiro, Brasil, 26 abr 2022 (Lusa) – O Rio de Janeiro, uma das regiões mais violentas do Brasil, registou 760 homicídios no primeiro trimestre, o valor mais baixo do período desde 1991, disse hoje o Instituto Regional de Segurança Pública (ISP).


Os homicídios têm vindo a cair consideravelmente no Rio de janeiro desde 2017, quando foram registados mais de 5.300 homicídios no estado mais emblemático do gigante sul-americano, após a onda de violência que irrompeu após os Jogos Olímpicos de 2016.


Os dados oficiais mostram que enquanto em 2018 foram registados 4.950 homicídios, o número caiu para 4.004 em 2019, 3.544 em 2020 e 3.245 em 2021. O número recorde de homicídios no Rio foi em 1995, com 8.438 mortes, de acordo com dados do ISP.


Segundo o relatório divulgado hoje, se forem tidas em conta todas as mortes violentas ocorridas entre janeiro e março deste ano, que incluem homicídios, lesões corporais ou roubo seguido de morte, e morte por intervenção de agentes da polícia, a queda foi de 23% em relação ao mesmo período de 2021.


Os números mostram que das 1.099 mortes violentas registadas no Rio no primeiro trimestre, 318 estiveram nas mãos de agentes policiais e, embora esse número tenha diminuído 30% em comparação com o primeiro trimestre de 2021, representam quase um terço do total.


Segundo o relatório, houve também uma queda considerável nos roubos de rua, que, com 14.499 casos registados durante o primeiro trimestre do ano, caíram 24% em comparação com o mesmo período em 2021.



MIM // RBF


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário