04 Dezembro 2021, 22:18

Roger Federer sai do ‘top 10’ do ‘ranking’ mundial e dá lugar a Hubert Hurkacz

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Redação, 18 out 2021 (Lusa) – O tenista suíço Roger Federer, de 40 anos, saiu hoje, ao fim de cinco anos, do ‘top 10’ do ranking mundial de ténis, dando lugar à estreia do polaco Hubert Hurkacz, que ascendeu ao 10.º posto.


Com a conclusão do Masters 1.000 de Indian Wells, conquistado pelo britânico Cameron Norrie, o jovem polaco, de 24 anos, que atingiu os quartos de final do torneio, garantiu a entrada inédita nos 10 melhores do mundo, assim como o norueguês Casper Ruud alcançou o seu melhor ‘ranking’ de sempre, ao subir a nono.


Ao falhar Indian Wells, Roger Federer, que em agosto anunciou uma terceira operação ao joelho direito, caiu para a 11.ª posição, numa semana em que o espanhol Rafael Nadal recuperou o quinto lugar, por troca com o russo Andrey Rublev, que é agora sexto.


Entre os portugueses, enquanto Pedro Sousa, ausente dos ‘courts’ por estar lesionado, desceu 12 lugares e figura no 144.º posto da hierarquia ATP, João Sousa ascendeu seis patamares e está agora na 176.ª posição.


Frederico Silva, eliminado nos quartos de final no ‘challenger’ de Alicante pelo vimaranense, que falhou depois o acesso à final, caiu para o 205.º lugar do ‘ranking’, ao passo que Gastão Elias é 222.º colocado, dois lugares à frente de João Domingues. Nuno Borges, por sua vez, ocupa o 268.º posto.


Na hierarquia mundial feminina, são várias as alterações esta semana, com exceção das três primeiras posições que continuam a ser dominadas pela australiana Ashleigh Barty, número um mundial, a bielorrussa Aryna Sabalenka e checa Karolina Pliskova.


Destaque para a estreia da tunisina Ons Jabeur entre as 10 primeiras da hierarquia WTA, ao ocupar o oitavo lugar, e para o regresso da japonesa Naomi Osaka, antiga líder mundial, ao ‘top 10’, figurando logo atrás da suíça Belinda Bencic, que subiu ao nono posto.


A grega Maria Sakkari atingiu também o seu melhor ‘ranking’ de sempre, ao tornar-se sétima classificada.


Por seu lado, a espanhola Paula Badosa, que conquistou no domingo o torneio WTA Masters 1.000 de Indian Wells, depois de bater na final a bielorrussa Victoria Azarenka, ‘trepou’ 14 posições na tabela, instalando-se no 13.º lugar.



SRYS // PFO


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário