12 Agosto 2022, 21:46

Rúben Amorim afirma que Sporting “ainda pode melhorar” apesar do bom momento

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 18 dez 2020 (Lusa) — O treinador Rúben Amorim afirmou hoje que o Sporting, atual líder da I Liga portuguesa de futebol, “ainda pode melhorar”, apesar de se encontrar “num bom momento”, antes da receção ao Farense, da 10.ª jornada.


“Estamos num bom momento, claramente. Mérito dos jogadores, mas isso pode mudar de uma semana para outra. Há equipas que, numa ou noutra altura, têm melhores momentos. Não acho que o Sporting seja a melhor equipa a jogar no campeonato. Joga muito bem, mas ainda pode melhorar”, assegurou, em conferência de imprensa de antevisão à partida.


A última vez que o Sporting tinha defrontado o Farense, para o campeonato, foi há 18 anos (fevereiro de 2002), quando alguns futebolistas do atual plantel ainda nem sequer tinham nascido, casos de Nuno Mendes ou Tiago Tomás, num jogo que Rúben Amorim apelidou de “histórico”.


“É o começar de novo de um clube que desceu aos campeonatos amadores, subiu outra vez e é claramente um histórico do nosso campeonato. O importante mesmo é vencer o jogo. Sabemos que o Farense tem uma equipa muito boa em termos individuais e coletivos, tem vindo a melhorar muito e fez uma boa exibição no Estádio da Luz”, expressou.


O técnico ‘leonino’ vai cumprir o último jogo de castigo, após a expulsão no empate 2-2 no reduto do Famalicão, da oitava jornada da competição, e admitiu que vai melhorar o seu comportamento no banco de suplentes.


“Tenho de melhorar. Talvez seja inexperiência, de querer ajudar a equipa. Vou tentar melhorar o meu comportamento daqui para a frente”, sublinhou.


Sobre possíveis entradas no ‘mercado’ de janeiro, os responsáveis do clube lisboeta estão “muito satisfeitos” com o atual plantel, apesar de a eliminação precoce na Liga Europa ter obrigado a uma adaptação, pois “são menos jogos e entrou menos dinheiro”.


Por outro lado, Rúben Amorim não esconde o desejo de querer ficar com os jovens jogadores “durante anos”, embora saiba “que não é possível”, apontando para o trabalho de “inflacionar o valor” desses atletas.


Na liderança do campeonato, Rúben Amorim nunca sentiu o grupo “muito eufórico” e revelou mesmo que “a juventude traz alguma descontração e ajuda nos momentos de pressão”.


“[Os jogadores] Têm noção das dificuldades de cada jogo, sentem no campo, sabem que ainda falta muito campeonato, há que continuar a trabalhar. Sabem que têm de correr muito, estão preocupados em garantir o lugar na equipa mais do que o lugar na classificação”, frisou.


O defesa esquerdo Nuno Mendes “treinou sob vigilância” e integra a lista de convocados para o encontro, permanecendo a dúvida se estará entre os titulares, enquanto o avançado Jovane Cabral continua a contas com problemas físicos, tendo Rúben Amorim mostrado cautelas na sua utilização.


O Sporting, líder da tabela, com 23 pontos, recebe no sábado o Farense, 14.º, com oito, no Estádio José Alvalade, em Lisboa, com início às 20:30 e arbitragem de André Narciso, da associação de Setúbal.


 


DYRP // AJO


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário