27 Janeiro 2022, 22:46

Rui Pedro Silva admite que Belenenses SAD “é uma incógnita” com saída do treinador

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Vila Nova de Famalicão, Braga, 12 jan 2022 (Lusa) — O treinador do Famalicão admitiu hoje que o Belenenses SAD, adversário no jogo em atraso da 16.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, “é uma incógnita”, depois da saída de Tiago Cândido do comando técnico.


Rui Pedro Silva garantiu que, apesar dessas incertezas, preparou a equipa em função do que os jogadores são capazes de fazer para levar a melhor no encontro, marcado para quinta-feira.


“Esta semana é uma incógnita para nós. Poderão aparecer de diferentes maneiras, mas o nosso foco é o que somos enquanto equipa, o que podemos fazer e como podemos crescer”, disse o treinador, em conferência de imprensa.


O técnico, que está à procura da primeira vitória da equipa em casa, admitiu que o grupo ainda não está no melhor nível, ainda assim, salientou que está preparado para lutar pelos três pontos.


“Se estamos no nível que queremos? Não. Se sinto que estamos preparados para estes dois jogos? Com certeza, absoluta. Já partilhei isto com o grupo, de dia para dia sentimos que há mais uma ideia assimilada e com a passagem dos dias dá-me confiança para podermos encarar estes dois próximos jogos”, frisou também.


O surto do coronavírus que afetou a equipa do Famalicão não ajudou, segundo o treinador, na preparação dos jogos, ainda assim, Rui Pedro Silva revelou-se confiante no processo, optando por relativizar a questão.


“Teve interferências ao nível físico e de processo de jogo. Se é o ideal? Não é. Mas temos que o minimizar ao máximo para prepararmos a equipa para estar pronta para ganhar o próximo jogo, sabendo o que é este ciclo de jogarmos a meio da semana”, disse ainda.


Sobre reforços ainda no ‘mercado de inverno’, o treinador da equipa minhota mostrou-se convicto que a entrada de jogadores poderá ser uma realidade em janeiro.


“Esta SAD tem experiência no mercado de janeiro. Tenho confiança plena na administração e no ‘scouting’. É uma oportunidade que temos para reforçar a equipa, estamos atentos e vamos utilizar todos os trunfos que nos permitam ser mais fortes”, garantiu.


O Famalicão, em penúltimo lugar, com 12 pontos, recebe, às 18:00, o Belenenses, último, com 11, numa partida relativa à 16.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, que será arbitrada por André Narciso, da associação de Setúbal.



JYA // RPC


Lusa/fim

Sem comentários

deixar um comentário