03 Julho 2022, 20:45

SAD do Benfica com prejuízo de 31,7 ME no primeiro semestre

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



A SAD do Benfica apresentou um prejuízo de 31,7 milhões de euros no primeiro semestre da temporada 2021/22, de acordo com o relatório e contas enviado hoje à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

“O resultado líquido do 1.º semestre de 2021/22 ascende a um valor negativo de 31,7 milhões de euros, estando o mesmo significativamente influenciado pelo resultado com transações de direitos de atletas, que sofreram uma diminuição de 69,4 milhões de euros face ao período homólogo”, lê-se no documento.

Apesar do resultado líquido negativo, os ‘encarnados’ apresentam rendimentos operacionais sem transações de atletas de 95,9 ME, um crescimento de 79,1% relativamente ao período homólogo, um resultado influenciado pela presença na Liga dos Campeões.

Contudo, os rendimentos globais tiveram um decréscimo de 24%, para 102,6 ME, sendo que o período homólogo tinha sido positivamente influenciado pela transferência de Ruben Dias para o Manchester City.

O passivo dos ‘encarnados’ situa-se nos 369,8 ME, o que significa um decréscimo de 9,8 ME em relação ao final da temporada passada, sendo que a SAD do Benfica apresenta um ativo de 481,8 ME.

Sem comentários

deixar um comentário