18 Outubro 2021, 09:13

Saldo da balança comercial com os PALOP mais do que duplicou no primeiro trimestre

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 13 mai 2021 (Lusa) – O saldo da balança comercial entre Portugal e os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) subiu 141% no primeiro trimestre deste ano, chegando a 323,6 milhões de euros, devido à reviravolta nas relações com Angola.


De acordo com os dados do Comércio Internacional do Instituto Nacional de Estatística (INE), o saldo da balança comercial tinha sido positivo para Portugal em 131,7 milhões de euros de janeiro a março de 2020, tendo subido para 323,6 milhões de euros, essencialmente devido ao facto de as trocas com Angola terem passado de negativas a positivas.


No primeiro trimestre do ano passado, Portugal tinha exportado bens no valor de 224 milhões de euros, mas tinha comprado o equivalente a 242 milhões de euros, tendo por isso um saldo negativo de cerca de 20 milhões de euros.


Nos primeiros três meses deste ano, no entanto, o panorama alterou-se significativamente: Portugal comprou bens angolanos no valor de apenas 6,7 milhões de euros, tendo exportado mercadorias no valor de 197 milhões de euros, o que fez com que o saldo da balança comercial passasse de -18,1 milhões para 190 milhões de euros.


Em todos os outros países, o saldo continuou a ser positivo para Portugal no primeiro trimestre deste ano face aos primeiros três meses do ano passado, apesar de relativamente a Moçambique e São Tomé e Príncipe o saldo entre as compras e as vendas de Portugal ter sido menor.




2020…………….Saldo da Balança Comercial
TOTAL PALOP…………..133.795.881
ANGOLA……………….-18.136.480
CABO VERDE…………….74.611.683
GUINÉ-BISSAU…………..19.551.371
MOCAMBIQUE…………….43.794.575
SÃO TOME E PRÍNCIPE…….13.974.732

2021…………….Saldo da Balança Comercial
TOTAL PALOP…………..323.679.035
ANGOLA……………….190.332.155
CABO VERDE…………….62.189.470
GUINÉ-BISSAU…………..21.287.009
MOCAMBIQUE…………….36.370.741
SÃO TOME E PRÍNCIPE…….13.499.660

FONTE: INE



MBA // JH


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário