04 Fevereiro 2023, 12:49

Seleção de andebol adaptado vence Troféu Internacional Vida e já só pensa no Mundial

Filipa Júlio Administrator

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

A Seleção Nacional de andebol adaptado conquistou a primeira edição do Troféu Internacional Vida, depois de vencer a Espanha por esclarecedores 20-13.

A prova, integrada na 24ª edição do Torneio Internacional de Viseu, constitui mais um bom momento de preparação para a primeira edição do Campeonato Europeu/Mundial, que será disputado em Leiria, no próximo mês de novembro.

 

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



Depois de um início equilibrado, a equipa orientada por Danilo Ferreira adiantou-se no marcador e chegou ao intervalo a vencer por um golo de diferença (7-). Na segunda parte, Portugal embalou e não mais se deixou para pela Espanha, que viu Óscar Perales ser o melhor marcador do jogo, com 10 golos.

O selecionador nacional considerou que o jogo revelou “a falta de treino e competição”, resultantes de um longo período de paragem, que aconteceu em junho.

“Entrámos sem ritmo, apáticos, a falhar remates, o que é normal nesta fase do ano. Na segunda parte corrigimos alguma coisas, aumentámos um pouco a velocidade, a nossa agressividade no ataque e apareceu, naturalmente, a nossa qualidade. Alcançámos o principal objetivo, que era ganhar este jogo”.

Segundo Danilo Ferreira, o importante é aproveitar a análise para olhar em frente “e estar na máxima força” em novembro, onde será “crucial ter uma eficácia e uma dinâmica completamente diferente”.

Sem comentários

deixar um comentário