11 Agosto 2022, 01:49

Sérgio Conceição defende “investigação rigorosa” para incidentes no ‘clássico’

© MUNDO ATUAL
LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



O treinador do FC Porto defendeu hoje ser necessário “haver uma investigação rigorosa e isenta para os dois lados” sobre os incidentes registados no clássico com o Sporting, da 22.ª jornada da I Liga de futebol.

Durante a conferência de imprensa de antevisão do jogo de quinta-feira com a Lazio, da primeira mão do ‘play-off’ da Liga Europa, Sérgio Conceição voltou a frisar que “estas situações não dignificam” o futebol e salientou a necessidade de melhorar.

“É preciso haver uma investigação rigorosa e isenta para os dois lados. São situações que não dignificam, que não são bonitas, que quem cometeu erros tem de ser castigado, ponto. Temos todos de melhorar, principalmente quem não está naquela ficha de jogo”, disse ainda.

O treinador do FC Porto lamentou ainda o “escasso tempo útil” do campeonato português e o facto de ainda ninguém ter dado “um passo à frente” para resolver essa questão.

“Durante alguns anos, fui convidado para ir à reunião da UEFA com treinadores que estão na Liga dos Campeões e esse foi um tema muito debatido. O José Couceiro queria chamar todos os treinadores para falar dessa situação. Estou de acordo com as propostas, mas ninguém dá o passo à frente. Podíamos esmiuçar o porquê dessa situação e de estarmos tão mal nesse capítulo. Todos somos um bocadinho culpados. Não é normal termos 40 minutos de tempo útil de jogo em 90 e tal minutos. Já dei a minha opinião no sítio indicado e estou novamente disponível para o fazer”, afirmou.

O FC Porto recebe, no Estádio o Dragão, pelas 20:00 de quinta-feira, a LKazio, em partida da primeira mão do ‘play-off’ de acesso aos oitavos de final da Liga Europa de futebol.

Sem comentários

deixar um comentário