06 Dezembro 2021, 22:57

Sérgio Conceição: “Neste tipo de jogos ir com muita sede ao pote pode ser prejudicial”

mundoatual AdministratorKeymaster

O treinador do FC Porto, Sérgio Conceição, admitiu que o jogo frente ao Chelsea será “difícil”, mas está confiante no trabalho que tem feito com a sua equipa.

“Estamos prontos para ir e dar à luta”, garante o técnico portista

Questionado sobre se a eliminatória de Turim, frente à Juventus, serve como exemplo de superação, Sérgio Conceição referiu que “há muitos momentos na época” e “nos anos em que estamos aqui” que podem ser modelos.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



“Essa crença advém do trabalho que é feito aqui e da capacidade que os jogadores têm de interpretar aquilo que queremos para o jogo. Estamos confiantes. Sabemos que vamos ter pela frente um obstáculo difícil, mas estamos aqui para dar a resposta que temos que dar. Nos jogos que fizemos esta temporada fizemos sempre 90 minutos à FC Porto, exceto quando somos contrariados por equipas melhores. O sentimento de representar este clube histórico e o seu ADN é sempre metido em campo, umas vezes com mais qualidade ou capacidade, outras vezes menos. Temos momentos melhores e menos bons, mas isso faz parte da vida”, frisou.

Em declarações aos jornalistas, na antevisão ao encontro frente ao Chelsea, a contar para segunda ronda dos quartos-de-final da Liga dos Campeões, o técnico disse que a presença de Sérgio Oliveira em campo ainda está a ser ponderada e que vai levar todo o plantel para Sevilha, exceto Diogo Costa, uma vez que está infetado com Covid-19.

“Vamos ver até amanhã. No último jogo não estava pronto para jogar os 90 minutos, um problema muscular é sempre perigoso. Não podemos esquecer que temos o campeonato para disputar, como tenho dito todas as semanas. Temos jogos muito exigentes pela frente. Vamos ponderar bem a situação, ver qual o melhor onze para defrontar este Chelsea. Neste tipo de jogos ir com muita sede ao pote pode ser prejudicial. É preciso marcar, mas também não sofrer”, sublinhou o treinador portista, referindo ainda que “vamos todos porque somos um grupo forte e unido”.

Otávio garante que é preciso acreditar e que “nada está perdido”

Na conferência também esteve presente Otávio que referiu “nada está perdido”, pois ainda faltam 90 minutos de jogo para serem disputados.

“Fizemos um belo jogo contra o Chelsea, mas não conseguimos o resultado que queríamos. Sofremos dois golos e para passarmos também temos de marcar. É preciso acreditar e nada está perdido”, evidenciou o extremo brasileiro.

Para Otávio, a equipa tem de ser mais eficaz e fazer golos para reverter a desvantagem na deslocação a Sevilha.

“Cada jogo tem a sua história. Sabemos o que temos de fazer em campo”, salienta.

FC Porto e Chelsea reencontram-se amanhã, novamente na cidade espanhola de Sevilha, para discutirem o acesso à próxima fase da Liga dos Campeões, sendo que os «dragões» se encontram em desvantagem após a derrota por 0-2 no jogo da primeira mão.

O jogo está marcado para as 20 horas e será transmitido na TVI e Eleven Sports.

 

Sem comentários

deixar um comentário