26 Janeiro 2022, 19:51

Setor da tecnologia leva Wall Street a fechar em baixa

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Nova Iorque, 13 jan 2022 (Lusa) — A bolsa nova-iorquina terminou hoje em baixa, de novo por força da influência do setor da tecnologia, com os investidores a interpretarem a nova informação sobre o emprego e a inflação.


Os resultados definitivos da sessão indicam que o índice seletivo Dow Jones Industrial Average recuou 0,49%, para os 36.113,62 pontos, o alargado S&P500 perdeu 1,42%, para as 4.659,23 unidades, e o tecnológico Nasdaq desvalorizou 2,51%, para as 14.806,81.


“Os investidores passaram ao crivo as estatísticas económicas mitigadas que mostraram os preços na produção com um crescimento moderado, em termos mensais (0,2%)”, ainda incapaz de os reduzir do patamar elevado em que estão, em termos anuais (19,7%), segundo os analistas da Schwab.


“Acresce que as inscrições para o subsídio de desemprego aumentaram de maneira inesperada, pela segunda semana consecutiva, provavelmente devido ao impacto da propagação purulenta da variante Ómicron, mas estão com uma tendência descendente”, acrescentaram.


De 02 a 08 de janeiro, 230 mil pessoas inscreveram-se para receber o subsídio de desemprego, mais 23 mil do que na semana anterior.


Este ligeiro aumento reflete o impacto da Ómicron, “que não deve durar”, segundo os analistas da HFE.


Mas em termos médios de quatro semanas, estas inscrições no desemprego continuam a baixar.


Isto demonstra que o mercado de trabalho permanece tenso, o que pode vir a pesar na inflação, arrefecendo os investidores, enquanto a Reserva Federal (Fed) se declara pronta para atacar a subida dos preços, através do aumento da sua taxa de juro de referência dentro de três meses.


Perante uma comissão do Senado, a futura n.º 2 da Fed, Lael Brainard, afirmou que está “muito preocupada com o nível elevado da inflação”.


Ao mesmo tempo, garantiu: “Ouvimos as famílias de trabalhadores através do país a falar da inflação. (…) Temos um instrumento poderoso e vamos utilizá-lo”.


Sensível aos receios da inflação, o setor da tecnologia voltou a ser o principal sofredor, com descidas acentuadas nas cotações de Amazon (-2,42%), Apple (-1,90%), Facebook (-2,03%) e Netflix (-3,35%).


A época de divulgação de resultados trimestrais foi inaugurada pela Delta Airlines, que subiu 2,17%, apesar de um trimestre difícil sob o efeito da Ómicron, que levou à anulação de dezenas de milhar de voos.


mas a transportadora aérea declarou-se otimista para o resto do ano, apesar de a Ómicron ir atrasar “em dois meses”, nas suas previsões, a recuperação do setor aéreo.


Os títulos de outras transportadoras aeras, como United Airlines (valorização de 3,50%) American Airlines (+4,54%) beneficiaram do otimismo apresentado e aceite.


O rendimento das obrigações do Tesouro a 10 anos baixou para 1,60%, dos 1,74% da véspera.



RN//RBF


Lusa/fim

Sem comentários

deixar um comentário