13 Maio 2022, 17:41

SNP reforçado nas eleições locais na Escócia avança com referendo à independência 

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Londres, 06 mai 2022 (Lusa) – O Partido Nacional Escocês (SNP) reforçou o domínio político nas eleições locais de quinta-feira na Escócia, marcadas também pela subida do Partido Trabalhista à segunda posição à custa do Partido Conservador.


Finalizada a contagem, o SNP, atualmente à frente do governo autónomo regional, elegeu 543 dos 1.223 vereadores em causa, mais 22 do que antes, o Partido Trabalhista 282 (mais 20) e o Partido Conservador 214 (menos 63). 


O líder dos ‘tories’ escoceses, Douglas Ross, admitiu estar “profundamente desiludido” com os resultados, que interpreta como uma mensagem clara de que “eles não estão contentes com o primeiro-ministro”.


Ross, que chegou a pedir a demissão de Boris Johnson devido ao ‘partygate’, o escândalo das “festas” em Downing Street durante a pandemia covid-19 que resultou numa multa ao primeiro-ministro, entende no entanto que a guerra na Ucrânia exige estabilidade no governo do Reino Unido.


A questão constitucional estava entre as promessas eleitorais do SNP, que prometeu trabalhar para a realização de um segundo referendo à independência em 2023.


“Conseguimos um mandato há exatamente um ano – após as eleições parlamentares de 2021 – e mantém-se”, afirmou a líder do partido e primeira ministra escocesa, Nicola Sturgeon.


Nas próximas semanas, o Executivo pretende introduzir legislação correspondente no Parlamento autónomo regional para a realização do referendo, que depende, todavia, da aprovação do Governo britânico. 


No País de Gales, onde a contagem dos boletins ainda não está concluída, o Partido Conservador também registou perdas significativas perante os avanços do Partido Trabalhista, Liberais Democratas, Plaid Cymru e Verdes. 


Apurados os resultados de 18 das 22 autarquias em causa, ‘Labour’ elegeu 386 dos 1.234 vereadores em causa, mais 63 do que antes, o Plaid Cymru 174 (mais cinco), o Partido Conservador 94 (menos 67), os Liberais Democratas 63 (mais 12) e os Verdes conquistaram pela primeira vez sete assentos. 


As eleições locais de quinta-feira foram disputadas em 146 das 333 autarquias em Inglaterra, nas 32 localidades da Escócia e 22 do País de Gales.



BM // SLX


Lusa/fim

Sem comentários

deixar um comentário