24 Maio 2022, 01:46

Sobe para 46 o número de mortos devido a explosão num hotel de Havana

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Havana, 13 mai 2022 (Lusa) — Um homem gravemente ferido na explosão acidental num hotel de luxo no centro de Havana, em 06 de maio, morreu devido aos ferimentos, elevando para 46 o número de mortos neste incidente, informou hoje o ministério cubano da Saúde.


Esta nova morte ocorre quando o país iniciou um luto nacional hoje de madrugada, que terminará no sábado à meia-noite.


Uma vigília noturna está marcada para hoje em frente ao Saratoga Hotel.


O número de mortos no acidente é de 46, incluindo quatro crianças, uma mulher grávida e um turista espanhol de 29 anos.


Na quinta-feira, os bombeiros anunciaram a descoberta do corpo da última pessoa desaparecida nos escombros do hotel, do qual vários andares foram destruídos por uma explosão de um depósito aquando do abastecimento de gás por um camião-cisterna.


Nove adultos, três em estado grave, e quatro crianças, duas das quais também em estado grave, permanecem no hospital e 40 outras pessoas feridas com menor gravidade voltaram para casa.


O Saratoga, conhecido por receber várias celebridades nos últimos anos, incluindo Mick Jagger, Beyoncé e Madonna, estava fechado há dois anos devido à pandemia, e preparava-se para reabrir ao público em 10 de maio, após reformas.


Construído em 1880 para abrigar lojas, o prédio foi transformado em hotel em 1933 e tornou-se num estabelecimento de luxo em 2005.



RCS // MAG


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário