06 Outubro 2022, 15:31

Suíça vai destruir 10,3 milhões de doses da vacina Moderna contra a covid-19

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Genebra, 24 set 2022 (Lusa) – A Suíça terá de destruir 10,3 milhões de doses da vacina Moderna contra a covid-19, cujo prazo de validade foi atingido no início da semana, avançou hoje o Ministério da Saúde suíço.


As doses expiraram na quarta-feira, de acordo com a agência de notícias suíça Keystone-ATS, confirmando informações do ‘site’ de notícias Beobachter de que o custo das doses destinadas à destruição foi de cerca de 280 milhões de francos suíços (cerca de 294 milhões de euros).


Além disso, 2,5 milhões de doses ainda estão armazenadas numa base logística do exército e 7,8 milhões estão num depósito na Bélgica, disse o ministério, que destacou que a sua estratégia de fornecimento de vacinas desde o início consistia em encomendar mais doses do que o necessário para os 8,7 milhões de habitantes da Suíça.


Assim, o país encomendou doses a diferentes laboratórios para evitar ficar dependente de vacinas que poderiam ser ineficazes, escapar a problemas de entrega ou contratos não respeitados.


Em junho, o ‘site’ de notícias Swissinfo estimou um excedente de 38 milhões de doses das várias vacinas contra a covid-19 no país, que expirariam antes do final do ano.


O ministério disse que cerca de 3,5 milhões de doses da nova vacina Moderna estarão disponíveis quando a Suíça lançar a sua próxima campanha de relatórios, no próximo mês.


A Suíça, que registou 13.556 mortes ligadas à covid-19 desde o início da pandemia, vacinou quase 70% da sua população.




DF // CSJ


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário