14 Maio 2022, 18:51

Supervisão judicial de Mason Greenwood estendida até meados de junho

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Redação, 29 abr 2022 (Lusa) – O futebolista inglês Mason Greenwood, do Manchester United, suspeito de ter agredido e violado a namorada, vai permanecer sob supervisão judicial até meados de junho, anunciou hoje a polícia.


Detido em 30 de janeiro, Mason Greenwood, de 20 anos, colega de equipa nos ‘red devils’ dos portugueses Cristiano Ronaldo, Diogo Dalot e Bruno Fernandes, foi libertado sob fiança e supervisão judicial no início de fevereiro.


“Foi apresentado aos tribunais um pedido para que a supervisão judicial seja estendida para além de sábado, 30 de abril, mas a audiência não deve ocorrer até meados de junho. O suspeito permanece em liberdade condicional até a audiência”, disse a polícia de Manchester em comunicado.


O processo foi aberto na sequência da publicação nas redes sociais de imagens e vídeos mostrando uma jovem com o rosto ensanguentado e hematomas pelo corpo, com a referência “a quem quiser saber o que Mason Greenwood me fez”.


O presumível agressor, o futebolista Mason Greenwood, foi detido por suspeitas de abuso sexual e ameaças à integridade física. A polícia de Manchester adiantou, no comunicado, que “continua a investigar este relatório de 30 de janeiro”.


O extremo era habitual titular no Manchester United, que o suspendeu do treino e competição, tendo cumprido 129 jogos pelos ‘red devils’. A marca norte-americana Nike também rescindiu contrato com o jogador.



APS // AJO


Lusa/Fim.

Sem comentários

deixar um comentário