14 Maio 2022, 18:51

Taxa de inflação em Itália sobe para 6,2% em abril

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Roma, 29 abr 2022 (Lusa) – A taxa de inflação em Itália em abril subiu 6,2% face ao mesmo mês de 2021, impulsionada principalmente pela subida dos preços da energia, e 0,2% face a março, anunciou hoje o instituto de estatística italiano (Istat).


O Istat adiantou que a inflação, apesar de permanecer acima dos 6%, registou um aumento moderado em relação a março, depois de nove meses de tendência ascendente.


O instituto salientou que “as pressões inflacionistas continuam a alastrar a outros segmentos de produtos, tais como alimentos transformados, bens duradouros e não duradouros e serviços de transporte”.


A inflação subjacente, que não inclui os ‘itens’ voláteis, como energia ou alimentos frescos, acelerou para 2,5% em abril face ao mesmo mês de 2021.


Os preços dos bens energéticos avançaram 42,4% em abril face a igual mês de 2021, enquanto os dos serviços recreativos, culturais e de cuidados pessoais aumentaram 2,4%, os dos bens alimentares trabalhados 5,4% e os dos bens duradouros 2,2%.


Em abril em comparação com março, os preços dos serviços de transporte subiram 2,8%, os dos alimentos transformados 2% e os dos alimentos não transformados 0,8%, enquanto os da energia regulada e da energia não regulada diminuíram 8,8% e 2,5%.


O instituto estima que, se não houver alterações nos próximos meses, em 2022 a inflação homóloga será de 5,3% e a inflação subjacente 2,1%.


O índice harmonizado de preços no consumidor (IHPC) – que mede a evolução dos preços utilizando o mesmo método em todos os países da zona euro – subiu para 6,6% em abril face ao mesmo mês de 2021 e 0,6% face a março.


O Governo de Mario Draghi estima que a inflação no conjunto de 2022 seja de 5,8% face à registada em 2021.



MC // JNM


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário