04 Julho 2022, 06:44

Teatro Praga, Marlene Monteiro Freitas e Hermeto Pascoal no próximo trimestre do CCB

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 25 mar 2022 (Lusa) – A estreia de um novo espetáculo do Teatro Praga, a presença da coreógrafa Marlene Monteiro Freitas e duas atuações de Hermeto Pascoal e Virgínia Rodrigues marcam o próximo trimestre de programação do Centro Cultural de Belém (CCB), em Lisboa.


A nova programação vai de abril a junho e foi hoje divulgada pelo CCB com a expectativa de uma retoma cultural em pleno, “agora que a pandemia parece ter, finalmente, dado tréguas”.


O trimestre começa entre o cante alentejano e sonatas de J.S. Bach, com o Rancho de Cantadores de Aldeia Nova de São Bento, no grande auditório, e com um recital de Raquel Cravino e Cristiano Holtz, no pequeno auditório.


Os três concertos (de 01 a 03 de abril) do Rancho de Cantores de Aldeia Nova de São Bento estiveram inicialmente previstos para março de 2020. Contarão agora com a participação de António Zambujo, Carolina Pinto, Mafalda Vasquez e Rita Sanches.


O recital da violinista Raquel Cravino com o cravista Cristiano Holtz, a 01 de abril, será para interpretar as sonatas para violino e cravo de Johann Sebastian Bach.


Da programação, o CCB sublinha “a grande aposta na nova obra do Teatro Praga, uma versão de ‘A Sagração da Primavera’, de Stravinsky, com a participação da Orquestra Metropolitana de Lisboa, na versão plena exigida pela obra referencial do compositor russo”.


Numa coprodução entre o CCB e o Teatro Municipal do Porto, o espetáculo do Teatro Praga terá duas apresentações a 17 e 18 de junho.


No teatro, a programação do CCB contará ainda, por exemplo, com a companhia UMCOLETIVO, que apresentará “Silêncio”, a partir de uma obra do escritor Ruben A., e “Boom!”, de Miguel Loureiro, a partir de um texto de Tennessee Williams, ambos em abril.


Na música, em abril o ciclo “Há fado no cais” levará ao CCB o bailarino e performer Jonas, com álbum “São Jorge”, em maio apresentar-se-ão as pianistas Jill Lawson e Marta Menezes, e em junho os You Can’t Win Charlie Brown estarão no grande auditório para mostrar um novo álbum, “Âmbar”.


Ainda na música, em maio, a propósito da carta branca dada pelo CCB a Jonathan Uliel Saldanha, em Lisboa atuará a cantora baiana Virgínia Rodrigues, acompanhada por um ensemble de contrabaixos, em junho regressará a Portugal o músico brasileiro Hermeto Pascoal.


Na dança, o CCB programará “Eye, Lash!”, nova obra da coreógrafa Kat Válastur, “YESTER:NOW”, do performer Moritz Ostruschnjak, e “Guintche”, de Marlene Monteiro Freitas.


Nos diferentes ciclos de conferências e conversas, o CCB convidará, entre outros, o músico Fausto Berdalo Dias, a magistrada Maria José Morgado, o académico Alain Caillé e o realizador Billy Woodberry.


Na Fábrica das Artes, uma das propostas é a performance musical “Balada das vinte meninas friorentas”, de Margarida Mestre e Rui Ferreira.



SS // MAG


Lusa/fim

Sem comentários

deixar um comentário