10 Setembro 2022, 05:26

Ten Hag critica Ronaldo pela saída antecipada do jogo com Rayo Vallecano

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



O treinador do Manchester United, Erik ten Hag, criticou hoje o comportamento do português Cristiano Ronaldo e de todos os futebolistas que no domingo abandonaram Old Trafford antes do final do jogo particular com o Rayo Vallecano.

“É inaceitável, disse-lhes que é inaceitável. Somos uma equipa, todos devem ficar até ao fim”, disse Erik ten Hag, numa entrevista à plataforma de streaming Viaplay.

No domingo, Cristiano Ronaldo jogou pela primeira vez esta época pelos ‘red devils’, tendo alinhado na primeira parte do empate a uma bola na receção ao Rayo Vallecano.

Ainda antes do final do encontro, Ronaldo foi visto a caminho do parque de estacionamento do estádio, ao lado do compatriota Diogo Dalot.

Ronaldo, cinco vezes ‘Bola de Ouro’, regressou aos trabalhos com a equipa há uma semana, depois de ter falhado a digressão da equipa à Ásia e à Austrália, alegando razões de natureza pessoal.

A imprensa inglesa avança que Ronaldo está a ‘forçar’ a saída do Manchester United por pretender transferir-se para um clube de topo que compita na Liga dos Campeões, prova da qual os ‘red devils’ estão afastados por terem terminado no sexto lugar da última edição da Premier League, o que significa que vão disputar a Liga Europa em 2022/23.

Sem comentários

deixar um comentário