07 Dezembro 2022, 21:46

Terminal do Campo 24 Agosto no Porto deve encerrar de vez após dia 30 – gerente

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

O terminal rodoviário do Campo 24 de Agosto, no Porto, atualmente sem serviços de autocarros e apenas com algumas lojas abertas, deverá encerrar após dia 30, disse hoje à Lusa a sua gerente, Tânia Correia Leite.

“Segundo o que me disseram [Transdev], até ao dia 30 vão fazer a ligação do shuttle até ao TIC [Terminal Intermodal de Campanhã]. Depois disso não tenho dúvidas: não posso deixar aberto aquele equipamento sem um transportador”, disse hoje à Lusa a responsável da empresa Cidades e Variantes Parques de Estacionamento (CVPE), que gere o espaço.

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



A responsável explicou à Lusa que a Transdev, que operava a parte rodoviária do terminal, denunciou o contrato que tinha até 2029 com a CVPE na terça-feira, dia que marcou a passagem definitiva da Rede Expressos, maior operador no local, para o TIC.

“Neste momento estou tendo transtorno de resolver problemas com todos os outros lojistas, que é toda a parafernália de negócios que tem ali dentro”, disse à Lusa, falando em “máquinas de ‘vending’, minimercado, lojas de telecomunicações e cafés”.

Hoje, a agência Lusa constatou no local que persistem dentro do terminal alguns postos de atendimento, como o da Internorte, bem como vários estabelecimentos comerciais, mas a atividade rodoviária cingia-se ao ‘shuttle’ que transporta os passageiros para Campanhã, remediando quem ainda vai ao engano para o Campo 24 de Agosto.

Perante a denúncia do contrato por parte da Transdev, Tânia Correia Leite afirma que vai “procurar perceber o que é legal, o que não é legal, o que é legítimo”.

“Vou atrás dos meus direitos, é claro”, reforçou, mas ainda sem definir em que moldes o irá fazer.

Tânia Correia Leite disse ainda que tem “os equipamentos todos” funcionais no Campo 24 de Agosto, já que deixou “o terminal pronto a operar”, e “todas as estruturas de operação, de vigilância, tudo, foi a CVPE que instalou para alugar a um operador, que é a Transdev”.

A Lusa contactou a Transdev, que não se pronunciou concretamente acerca da relação com a gerente do espaço no Campo 24 de Agosto.

No dia 09 de novembro, a Rede Expressos anunciou que a sua operação no terminal do Campo 24 de Agosto passaria integralmente para o Terminal Intermodal de Campanhã, depois de ter iniciado a sua operação no dia 01 de agosto na nova infraestrutura, inaugurada em julho.

O terminal do Campo 24 de Agosto foi inaugurado em maio de 2017.

Tags

Sem comentários

deixar um comentário