25 Setembro 2022, 08:26

Timor-Leste/Eleições: Lere Anan Timur diz que não chegou a ir a comício de Lú-Olo

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Díli, 04 abr 2022 (Lusa) — O ex-comandante das forças de defesa timorenses, Lere Anan Timur, disse que não conseguiu ir ao comício de abertura da campanha de Francisco Guterres Lú-Olo, no sábado, devido a uma avaria no carro.


“Não cheguei a ir. Tencionava passar por lá, mas, porque fiquei com a viatura avariada no caminho, não consegui chegar a Gleno”, disse Lere Anan Timur em declarações à Lusa.


“Tentámos várias horas a ver se dava, mas depois ficou tarde e acabei por voltar para Díli”, explicou o quarto candidato mais votado na primeira volta das presidenciais.


No sábado, durante o comício de abertura da campanha para a segunda volta do atual chefe de Estado, Lú-Olo — que disputa a corrida com José Ramos-Horta — o secretário-geral da Fretilin, Mari Alkatiri, anunciou que Lere Anan Timur estava na multidão.


Isso levou a um desmentido da equipa de Lere Anan Timur, que confirmou à Lusa que não vai participar em ações de campanha da segunda volta.


“Por agora não. Vou descansar. Campanha só para as próximas eleições legislativas”, disse.


A questão do apoio de Lere Anan Timur na segunda volta das presidenciais marcou o debate na semana passada, com o militante da Fretilin a dizer que ainda não decidiu a que candidato vai dar o seu apoio.


José Ramos-Horta venceu a primeira volta das presidenciais com 303.477 votos (46,56%), à frente de Francisco Guterres Lú-Olo com 144.282 votos (22,13%), numa corrida em que participaram ainda 14 outros candidatos.


Na primeira volta votaram 664.106 dos 859.613 eleitores inscritos, com a abstenção a cair face ao voto de 2017, para 22,74%.


A campanha decorre até 16 de abril e a votação está marcada para 19 de abril.


 


ASP // VQ


Lusa/Fim


 

Sem comentários

deixar um comentário