26 Janeiro 2022, 09:19

Tottenham vence em Watford com golo aos 90+6 minutos

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Watford, Inglaterra, 01 jan 2022 (Lusa) — O Tottenham subiu hoje provisoriamente ao quinto lugar da Liga inglesa de futebol, ao vencer por 1-0 no reduto do ‘aflito’ Watford, graças a um golo de Davinson Sánchez, aos 90+6 minutos, em jogo da 21.ª jornada.


O domínio exercido pelos ‘spurs’ apenas foi capitalizado nos derradeiros instantes da partida, quando o central internacional colombiano cabeceou de forma certeira, na sequência de um livre lateral apontado pelo sul-coreano Heung-Min Son, e impôs o sexto desaire seguido aos ‘hornets’, que estão no 17.º posto, logo acima da ‘linha de água’.


O Tottenham, que ainda não perdeu qualquer encontro na Premier League desde que Antonio Conte assumiu o comando da equipa, subiu ao quinto lugar, com 33 pontos (18 jogos), mais dois do que West Ham (19), sexto, e Manchester United (18), sétimo, que ainda não jogaram nesta ronda.


Os londrinos aproveitaram igualmente para se aproximarem do rival Arsenal, quarto colocado, com 35 pontos (20 jogos), que hoje permitiu uma reviravolta na receção ao líder Manchester City e perdeu por 2-1.


Bukayo Saka adiantou os ‘gunners’, aos 31 minutos, só que os ‘citizens’, que contaram com os internacionais portugueses Rúben Dias, João Cancelo e Bernardo Silva de início, empataram através de uma grande penalidade convertida pelo argelino Riyad Mahrez, aos 57, e consumaram o triunfo aos 90+3, por intermédio do espanhol Rodri.


O City, adversário do Sporting nos oitavos de final da Liga dos Campeões, arrecadou o 11.º triunfo consecutivo na Premier League e segue destacado no topo da competição, com 53 pontos (21 jogos), mais 11 do que o Chelsea (20) e 12 face ao Liverpool (19), segundo e terceiro colocados, respetivamente, que se defrontam no domingo, em Londres.


A formação de Pep Guardiola é adversária do Sporting nos oitavos de final da ‘Champions’, com a primeira mão em Alvalade, em 15 de fevereiro, e a segunda no Etihad, em 09 de março.



MO // PFO


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário