04 Fevereiro 2023, 12:37

Travis Scott vai atuar na segunda edição do festival Rolling Loud em Portimão

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



O ‘rapper’ norte-americano Travis Scott é um dos cabeças de cartaz da segunda edição portuguesa do festival Rolling Loud, autodenominado o maior festival de hip-hop do mundo, que decorre na Praia da Rocha, em Portimão, divulgou hoje a organização.

Segundo uma publicação na página oficial do festival na rede social Twitter, o também compositor e produtor musical vai atuar num dos três dias do festival, que decorre entre 05 e 07 de julho de 2023, sendo os bilhetes colocados à venda na sexta-feira.

Em novembro do ano passado, durante um concerto que deu no festival Astroworld, em Houston, a sua cidade natal, morreram esmagadas 10 pessoas, incluindo uma criança, o que levou os familiares das vítimas a interpor processos judiciais contra o artista de 31 anos e a organização do festival.

Segundo testemunhas, depois de a multidão se ter descontrolado, o concerto continuou durante 40 minutos, sem que as vítimas pudessem ser assistidas. Na altura, o ‘rapper’ ofereceu-se para pagar os funerais das vítimas, mas algumas famílias negaram.

A primeira edição do festival norte-americano Rolling Loud em Portugal deveria ter acontecido no verão de 2020, mas foi adiada para julho de 2021 e depois reagendada, para 2022, sempre devido à pandemia da covid-19.

Na sua primeira edição em Portugal o cartaz incluía como cabeças de cartaz nomes como o ‘rapper’ e produtor J. Cole, A$AP Rocky e Future.

O festival só admite a entrada a maiores de 18 anos.

Sem comentários

deixar um comentário