08 Outubro 2022, 02:56

Três militares da missão da ONU no Mali feridos em explosão de mina

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Bamako, 11 set 2022 (Lusa) — Três militares da força das Nações Unidas no Mali ficaram hoje feridos quando o veículo atingiu uma mina entre Ber e Timbuktu, no norte do país, anunciou a missão da ONU no Twitter.


A missão das Nações Unidas no Mali (Minusma) não especificou a nacionalidade dos feridos, nem a gravidade dos seus ferimentos.


A Minusma, tal como o exército do Mali, é regularmente alvo de ataques de fundamentalistas que combatem qualquer presença estrangeira, bem como representações estatais.


As minas e dispositivos explosivos improvisados são uma das armas preferidas dos rebeldes. Explodem ao contacto com uma roda ou são detonados remotamente.


Um relatório da Minusma, em 31 de agosto, contabilizava 245 ataques com minas e dispositivos explosivos 2021 e 134 em 2022. As minas e dispositivos explosivos mataram 103 pessoas em 2021 e 72 em 2022, indicava o relatório. Um quarto das vítimas são civis.


Com cerca de 13.000 tropas, a Minusma, criada em 2013, é a missão de manutenção da paz mais mortífera da ONU no mundo. Mais de 175 dos seus membros já morreram em atos hostis.


Portugal tem atualmente dois efetivos militares empenhados na Minusma, que foi estabelecida pelo Conselho de Segurança da ONU para ajudar as autoridades de transição do Mali a estabilizar o país e garantir a segurança e proteção da população civil.



JH // SLX


Lusa/fim

Sem comentários

deixar um comentário