15 Maio 2022, 01:36

Ucrânia: Alemanha baixa previsão de crescimento e sobe a de inflação

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Berlim, 27 abr 2022 (Lusa) – O Governo alemão espera um crescimento mais fraco e uma inflação quase duas vezes mais forte do que o previsto em 2022, devido à guerra na Ucrânia, segundo as novas previsões divulgadas hoje.


O Produto Interno Bruto (PIB) deve crescer 2,2% este ano, quando em janeiro se previa um crescimento de 3,6% e a inflação deverá atingir 6,1%, muito acima da anterior previsão, que apontava para 3,3%, indicou hoje o ministro da Economia, Robert Habeck, em conferência de imprensa.


“Os riscos que pressionam a economia estão a aumentar. Após dois anos de pandemia, a guerra da Rússia (contra a Ucrânia) adiciona um peso suplementar”, afirmou.


A Alemanha está “a pagar o preço” do seu apoio à Ucrânia, declarou o ministro. “Temos de estar preparados para pagar este preço”, acrescentou.


Pela sua forte dependência do gás russo e atendendo ao peso da sua indústria, que sofre problemas de fornecimento agravados com a guerra, a maior economia europeia tem sido particularmente exposta às consequências do conflito.


A guerra na Ucrânia fez disparar os preços da energia, alimentando uma inflação galopante, que atingiu 7,3% em março na Alemanha, afetando famílias e empresas.



EO // MSF


Lusa/fim

Sem comentários

deixar um comentário