10 Agosto 2022, 16:59

Ucrânia: Ataques em Sloviansk causaram pelo menos seis mortos

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



Os múltiplos bombardeamentos que Sloviansk, no leste da Ucrânia, sofreu hoje causaram pelo menos seis mortos e 15 feridos, afirmou fonte de autoridades locais ucranianas.

A porta-voz para a região de Donetsk (da qual Sloviansk faz parte), Tetiana Ignatchenko, afirmou hoje ao canal televisivo Suspilne que os ataques sofridos causaram “seis mortos e 15 feridos”, reiterando o apelo das autoridades para que os residentes abandonem aquela localidade.

Sloviansk fica apenas a alguns quilómetros da linha da frente dos combates entre forças russas e ucranianas.

Já o presidente da Câmara de Sloviansk, Vadim Liakh, afirmou num vídeo publicado hoje na rede social Facebook que os ataques terão provocado “muitos mortos e feridos”, sem especificar qual o número de vítimas resultantes da ofensiva russa.

Segundo o autarca, o bombardeamento provocou também 15 fogos na cidade.

De acordo com órgãos de comunicação ucranianos, regista-se um incêndio num dos mercados da cidade, na sequência dos ataques.

A sul, a cidade de Kramatorsk, o centro administrativo da zona do Donbass controlada por Kiev, foi atingida pelo segundo dia consecutivo por mísseis Smertch (lança-rockets), de acordo com o presidente da Câmara, Oleksandr Goncharenko.

Estes ataques, que atingiram uma zona residencial e um hotel desocupado, não causaram vítimas, acrescentou.

Sloviansk e Kramatorsk são duas cidades com um elevado valor simbólico, estando sob ameaça direta do avanço das forças russas, caso se confirme a captura por Moscovo de Lysychansk, a noroeste.

Sem comentários

deixar um comentário