27 Setembro 2022, 19:10

Ucrânia: Chefes de governo europeus que visitaram Kiev regressaram à Polónia

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



Os chefes de governo da Polónia, da República Checa e da Eslovénia regressaram hoje a território polaco depois da deslocação que efetuaram na terça-feira a Kiev para demonstrar apoio à Ucrânia invadida pela Rússia.

Os três dirigentes encontraram-se com o Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, tendo transmitido a mensagem de que o país “não está sozinho” e que as aspirações de Kiev em relação à eventual integração na União Europeia são apoiadas por Varsóvia, Praga e Liubliana.

O porta-voz do governo polaco, Piotr Mueller, disse hoje que a delegação dos chefes dos três governos europeus regressou em segurança à Polónia depois da deslocação de 24 horas à Ucrânia.

Os detalhes sobre a viagem de regresso não foram divulgados por motivos de segurança.

O primeiro-ministro da Polónia, Mateusz Morawiecki, o chefe do governo da República Checa, Petr Fiala, e Janez Jansa, que dirige o executivo da Eslovénia, viajaram de comboio até à capital ucraniana, tendo regressado à Polónia também através dos caminhos de ferro.

À delegação juntou-se Jaroslaw Kaczynski, vice-primeiro-mininstro da Polónia e líder dos conservadores.

Visita de ontem a Kiev dos chefes de governo da Polónia, da República Checa e da Eslovénia. 

Sem comentários

deixar um comentário