13 Maio 2022, 15:46

Ucrânia: Cidadão croata que lutou ao lado dos ucranianos detido pela Rússia

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Zagrebe, 07 mai 2022 (Lusa) — Um cidadão croata que lutou ao lado das tropas ucranianas em Mariupol foi detido pelo exército russo, informou hoje a imprensa estatal da Croácia.


O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Croácia também confirmou que “tem conhecimento de um cidadão croata detido” e disse que está a trabalhar com as autoridades ucranianas para resolver a situação, sem avançar mais detalhes devido ao caráter “sensível da situação”


A televisão estatal croata HRT informou que o cidadão tentou fugir de Mariupol com outros combatentes ucranianos, mas foi capturado pelos russos e também não deu mais detalhes sobre o ocorrido.


Outro ‘media’ croata, a televisão regional N1 disse que a detenção foi relatada pela primeira vez pela imprense russa.


O porto estratégico de Mariupol enfrentou semanas de bombardeio russo e os ataques intensificaram-se contra as tropas da resistência na siderúrgica da cidade.


As tropas russas pretendem conquistar Mariupol a tempo das comemorações do Dia da Vitória da Rússia na segunda-feira, para comemorar a derrota da Alemanha nazi em 1945.


A Rússia invadiu a Ucrânia em 24 de fevereiro e a ofensiva militar provocou já a morte de mais de três mil civis, segundo a ONU, que alerta para a probabilidade de o número real ser muito maior.


A ofensiva militar causou a fuga de mais de 13 milhões de pessoas, das quais mais de 5,5 milhões para fora do país, de acordo com os mais recentes dados da ONU.


A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional, que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas e políticas a Moscovo.



EL // MSF


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário