03 Julho 2022, 20:14

Ucrânia: CNA alerta que aumento dos preços também se deve às margens de lucro

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 21 mar 2022 (Lusa) — A Confederação Nacional da Agricultura (CNA) alertou hoje para o facto de o aumento dos preços não refletir apenas o valor dos produtos, mas também as margens de lucro, vincando não haver escassez.


O Grupo de Acompanhamento e Avaliação das Condições de Abastecimento de Bens nos setores Agroalimentar e do Retalho em Virtude das Dinâmicas de Mercado esteve hoje reunido, em Lisboa.


Em cima da mesa estiveram temas como a escalada dos preços, o conflito na Ucrânia e o abastecimento.


“Há um crescimento no aumento dos preços, mas temos esta sensação de que não resulta só do preço do mercado, mas das margens de lucro de algumas empresas do comércio a retalho”, apontou José Gonçalves, da CNA, em declarações à Lusa.


Segundo esta confederação, na reunião de hoje foi também dado conta de que não existe falta de disponibilidade dos fatores de produção ou dos alimentos.


Contudo, no que se refere aos fatores de produção, a CNA sublinhou que os elevados preços podem ter impactos “a médio prazo”, lembrando que a agricultura é uma atividade que não pode parar e que as culturas estão sempre a decorrer.


Adicionalmente, a CNA e as restantes confederações de agricultores deram conta da dificuldade de fazer refletir o aumento de custos nos preços pagos aos produtores.


Neste grupo de trabalho participam ainda representantes das cooperativas agrícolas, transportes, indústria e da distribuição.




PE // CSJ


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário