01 Julho 2022, 03:31

Ucrânia: Forças ucranianas continuam a repelir tentativas russas de ocupar Mariupol

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

As forças ucranianas continuam a “repelir” as tentativas da Rússia de ocupar o sul da cidade de Mariupol, segundo um relatório do serviço de informação militar publicado hoje pelo Ministério da Defesa do Reino Unido.

No mais recente relatório, publicado na conta do ministério britânico na rede social Twitter, é referido que “apesar dos intensos combates, as forças ucranianas continuam a repelir as tentativas russas de ocupar o sul da cidade de Mariupol”.

O documento também indica que “as forças russas, posicionadas noutras partes da Ucrânia, enfrentaram mais um dia de progresso limitado com a maioria de suas forças paralisadas”.

“Várias cidades ucranianas continuam a sofrer intensos bombardeamentos aéreos e ataques de artilharia russos”, de acordo com o relatório.

O documento lembra que, segundo dados divulgados pelas Nações Unidas, “mais de 10 milhões de ucranianos estão agora deslocados internamente em consequência da invasão russa”.

Sem comentários

deixar um comentário