03 Julho 2022, 21:27

Ucrânia: Lista de sancionados sem qualquer cidadão russo com visto ‘gold’

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Agora que chegou aqui…

Ao longo do último ano, o MUNDO ATUAL tem conquistado cada vez mais leitores.
Nunca quisemos limitar o acesso aos nossos conteúdos, ao contrário do que fazem outros órgãos de comunicação, e mantivemos sempre todas as notícias, reportagens e entrevistas abertas para que todos as pudessem ler.
Mas precisamos do seu apoio. Para que possamos, diariamente, continuar a oferecer-lhe a melhor informação, não só nacional como local, assim como para podermos fazer mais reportagens e entrevistas do seu interesse.
O MUNDO ATUAL é um órgão de comunicação social independente e isento. E acreditamos que para que possamos continuar o nosso caminho, que tem sido de sucesso e de reconhecimento, é importante que nos possa ajudar neste caminho que iniciámos há um ano.
Desta forma, por tão pouco, com apenas 1€, pode apoiar o MUNDO ATUAL.

Obrigado!

PUB – CONTINUE A LER A SEGUIR



O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, disse hoje que “não há neste momento qualquer cidadão russo” em Portugal com visto ‘gold’ que faça parte da lista das pessoas sujeitas às sanções decididas por Bruxelas.

“Não há neste momento nenhum cidadão russo com uma Autorização de Residência para Investimento atribuída que esteja na lista dos sancionados”, afirmou Santos Silva à Lusa, referindo que este foi o resultado do cruzamento de informações com o Ministério da Administração Interna.

O governante acrescentou que “há um cidadão que faz parte da lista dos sancionados e que estava num processo de candidatura a um visto ‘gold’ e esse processo foi suspenso”.

“Cautelarmente nós suspendemos o processamento de quaisquer pedidos de visto ‘gold’ por parte de cidadãos russos visto que, como aprovamos um regime dinâmico de sanções, por prudência é melhor suspender a análise de qualquer pedido apresentado por uma pessoa de nacionalidade russa”, sublinhou o ministro.

No sábado, em declarações à CNN Portugal, Augusto Santos Silva anunciou que o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras [SEF] já tinha suspendido “a apreciação de qualquer dossiê de candidatura para autorizações de residência para investimento, vulgo vistos ‘gold’, de cidadãos russos”.

O investimento oriundo da Rússia captado pelo programa vistos ‘gold’ totaliza mais de 277,8 milhões de euros em nove anos e o da Ucrânia soma 32,5 milhões de euros, segundo dados do SEF avançados pela Lusa na sexta-feira.

No total, desde que o programa de Autorização de Residência para Atividade de Investimento (ARI) foi lançado, foram concedidos 431 vistos ‘gold’ a cidadãos russos, o que corresponde a um investimento de 277.811.929,38 euros, de acordo com o SEF.

Já este ano, foram atribuídos sete vistos ‘dourados’ a cidadãos russos.

Sem comentários

deixar um comentário