25 Janeiro 2022, 11:47

Ucrânia: Parlamento de Kiev aprova tropas estrangeiras no país para exercícios militares

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Kiev, 14 dez 2021 (Lusa) — O Parlamento da Ucrânia aprovou hoje um projeto-lei autorizando a entrada no país de tropas estrangeiras para nove exercícios militares multinacionais em 2022, enquanto a NATO anunciava um encontro em Bruxelas entre o secretário-geral e o Presidente ucraniano.


De acordo com a agência ucraniana UNIAN, 318 deputados votaram a favor do projeto-lei apresentado pelo Presidente Volodymyr Zelenski.


A autorização engloba os exercícios multinacionais Joint Efforts”, “Light Avalanche”, “Maple Arch” e “Viking”, as manobras ucraniano-norte-americanas “Rapid Trident” e “Sea Breeze”, e ainda as ucraniano-britânicas “Cossack Mace”, as ucraniano-polacas “Silver Saber” e as ucraniano-romenas “Riverine”.


A Ucrânia intensificou a cooperação técnico-militar com a NATO e com países da Aliança na sequência da concentração de mais de 94.000 tropas russas não longe da fronteira comum.


Kiev e o ocidente têm-se referido à eventualidade de um ataque russo em grande escala contra o país vizinho nos inícios de 2022, uma alegação desmentida por Moscovo.


Pelo contrário, a Rússia tem exigido ao ocidente garantias de segurança vinculativas para evitar que a NATO prossiga a aproximação às suas fronteiras e impeça a concentração de armamento ofensivo em território ucraniano e em outros países vizinhos.


Na tarde de hoje, e através de um comunicado, a NATO anunciou que o secretário-geral, Jens Stoltenberg, vai receber o Presidente ucraniano no quartel-general aliado, em Bruxelas, na quinta-feira.


Após o encontro está prevista uma conferência de imprensa conjunta de Stoltenberg e Volodymyr Zelenski.



PCR // PDF


Lusa/Fim

Sem comentários

deixar um comentário