04 Julho 2022, 00:52

Ucrânia: Portugal já recebeu 141 pedidos de proteção internacional de ucranianos

LUSA Autor
Agência de notícias de Portugal

Lisboa, 01 mar 2022 (Lusa) — Portugal já recebeu 141 pedidos de proteção internacional de cidadãos ucranianos, revelou hoje a ministra da Administração Interna, remetendo a divulgação do número de deslocados que o país poderá acolher para uma reunião com homólogos europeus no sábado.


A ministra da Administração Interna, Francisca Van Dunem — juntamente com as ministras de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva, e do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho — esteve hoje na conferência de imprensa após o Conselho de Ministros extraordinário, e que se reuniu de forma eletrónica, no qual foi aprovada a resolução que concede proteção temporária a pessoas deslocadas da Ucrânia em consequência da situação de guerra que vive o país.


“Nós, neste momento, já temos um conjunto de pedidos de proteção internacional de cidadãos ucranianos na ordem dos 141. Número de ontem [segunda-feira] às 19:00. Basicamente, 30 menores de 18 anos, entre os 18 e os 64 são 106 pessoas, sendo que cinco são maiores de 65”, precisou Francisca Van Dunem.


Questionada sobre o número de pessoas que estão a fugir à guerra na Ucrânia que Portugal poderá acolher, a ministra afirmou não poder dizer neste momento quantas pessoas serão.


“Do ponto de vista da União Europeia, dia 05 [sábado] há uma reunião de ministros da Administração Interna em que essa questão vai ser abordada, na medida em que na repartição se terá em conta as capacidades de cada um dos países”, revelou.


Segundo Van Dunem, nessa altura será possível ter “alguma indicação melhor” até porque também haverá já “uma melhor perceção do número de pessoas que conseguiram efetivamente sair”, reiterando que estas serão “maioritariamente mulher e crianças”.



JF/LT // JPS


Lusa/fim

Sem comentários

deixar um comentário